Apelar para o santo casamenteiro!

Seg, 31/03/2008 - 18h13

Casal cortando seu bolo de casamento

Santo Antônio é o aliado das mulheres que querem casar, no entanto o santo casamenteiro não é muito bem tratado por aquelas que esperam seus “favores”. Pode-se dizer que é o santo mais judiado da paróquia. Ele costuma ser afogado, vendado, colocado de cabeça para baixo e tudo o que se possa imaginar pelas fiéis que desejam um marido.

Publicidade

Sua fama de casamenteiro começou por volta de 1790, em Portugal. Em um momento de nervosismo, uma moça pegou a imagem de Santo Antônio e jogou pela janela de sua casa. A imagem acertou a cabeça de um rapaz, que foi atendido pela família da moça. Os dois acabaram se conhecendo, se apaixonaram e casaram.

A estudante de moda Aline Alves conta que em 12 de junho de 2005 se sentia triste por estar “encalhada” e leu uma reportagem sobre simpatias para Santo Antônio. “Minha mãe brincou que eu deveria tentar e tentei”, diz. A jovem pegou uma imagem do santo e colocou de cabeça para baixo em um copo de água. “Trocava a água sempre e conversava com ele”, explica ela. Um mês depois, Aline conheceu um rapaz e só salvou o santo quando oficializou o namoro. Em seguida, a estudante devolveu a imagem para sua avó, que ficou brava com a “maldade”.

O relacionamento de Aline Alves durou apenas seis meses e a deixou muito magoada. Mesmo assim, no ano seguinte ela não desistiu e fez uma nova simpatia. “Peguei um folhetinho do santo e coloquei de cabeça para baixo. Pedi que meu namorado fosse uma pessoa que me quisesse bem e gostasse de mim de verdade”, conta. O santo ficou lá por quatro meses, quando em uma festa a estudante conheceu seu atual namorado. Desde então, ela livrou o Santo Antônio do castigo e namora há 2 anos e meio.

Em uma brincadeira de inimigo secreto no Natal em família, Carla B.*, ganhou de seu primo uma imagem de Santo Antônio. Na ocasião, todos se divertiram com a alusão a sua condição de “mulher encalhada”.

Carla não se fez de besta, levou a sério o presente e resolveu confiar nos poderes do santo. Na mesma noite de Natal, escolheu o melhor lugar de sua casa para colocar a imagem de Santo Antônio e não o castigou, rezou e pediu para que ele a ajudasse a encontrar o homem da sua vida. “O meu pedido foi atendido em tempo recorde, em uma semana eu encontrei o meu amor, em uma ano e meio casamos. Hoje, feliz da vida, mantenho meu Santo Antônio em um cantinho especial de casa!”, conta.

*nome fictício

Fonte - MBPress

3 comentários no Vilaclub

Comente!
luiz henrique venera da r luiz henrique venera da r
Seg, 02/05/2011 - 11h29 - reportar abuso

MEU NOME E LUIZ ESTOU A PROCURA DE UM NOVO AMOR INTERESSADAS ENTRAR EM CONTATO NO MEU MSN :e-clar@hotmail.com

responder ao comentário
marinalva de oliveira marinalva de oliveira
Sex, 27/08/2010 - 20h04 - reportar abuso

ESTOU A PROCURA DE UM AMOR VERDADEIRO ALGUEM QUE QUEIRA SER CUIDADO COM CARINHO E ATENÇÃO, MAS TAMBEM QUERA CUIDAR DE ME HOMEM APARTIR DOS 55 ANOS

responder ao comentário
paulo roberto de andrade paulo roberto de andrade
Sex, 12/06/2009 - 19h18 - reportar abuso

oi pessoal estou aqui a procura duma namorada já to a seis meses so um abraço e mim liguem (83) 8890-6029 por favor

responder ao comentário

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

50 tons de cinza beyoncé 50 tons de cinza casamento clitóris fantasia sexual filmes pornô kama sutra orgasmo posições sexuais sexo sexo anal sexo oral traição
X
Bilionários e solteiros
Bilionários e solteiros Veja aqui por vilamulher