Casais modernos. E infiéis.

sex, 27/02/2009 - 05h03

Casais modernos E infiéis

A sociedade evolui, muda, cria regras diferentes. E isso vale para os relacionamentos. Até a fidelidade ganha cara nova. Agora, casais de todo tipo desenham limites e criam normas que valem apenas para eles. E nessas regras, a traição tem outra cara.

A psicóloga Laila Pincelli,especialista em terapia familiar e de casal, de São Paulo, vê muitos casais modernos, liberais, e explica que, entre eles, o que existe é um conjunto de normas diferentes das tradicionais. “A fidelidade, por exemplo, ganha outros moldes”. Segundo ela essas novas regras são as mais diversas e normalmente conversadas ou implícitas no decorrer da relação. “Pode ser que um casal aceite ter outros parceiros, mas sem sexo. Para outros, vale tudo”, lista. Há ainda aqueles que liberam o relacionamento virtual, mas não aceitam que passe disso.

Se as regras forem seguidas, tudo certo e nada de sofrimento. Nem o ciúme abala porque, ele também é conversado dentro das regras. “Se a situação é satisfatória para os dois lados, mesmo sem a dita fidelidade nos moldes tradicionais, não faz mal algum”.

Mas, segundo Laila, se um deles aceita apenas para manter a situação, a relação deixa de ser saudável e o sofrimento é inevitável. “A auto-estima se destrói e, por conseqüência, todo o resto”.

E foi o que aconteceu com o publicitário paulistano Marcelo Cajuí. Ele embarcou numa relação sem pacto de fidelidade por que a namorada queria, mas não segurou a barra. “Acho que este tipo de relacionamento é totalmente destrutivo para a auto-estima. Querendo ou não, todos desejamos alguém que esteja ao nosso lado e compartilhe dos nossos problemas”, diz. “No começo você não liga, finge ser moderno ou ter mente aberta, pois gosta da pessoa e é bom quando ela está ao seu lado. Eu não queria perdê-la e aceitava”.

Ele conta que chegou a aceitar que a namorada viajasse para ver outra pessoa. “Ficamos um ano nesta situação, hoje não ficaria um mês”.

Amanda Costa discorda de Marcelo e acha que relacionamento liberal é a melhor escolha. “Você não se preocupa porque dá liberdade ao parceiro. Se ele se interessar por outra (ou outro), vai te dizer”.

Se a relação tem ou não um pacto de fidelidade assumido, o certo é que não adianta ficar paranóica, possuída, possessiva. Não adianta querer trancar o amado em casa, vigiar os passos, fuçar nas coisas, chegar de surpresa para pegar em flagrante, viver com medo, sob a sombra da tragédia. Se tiver que acontecer, acontece sem você perceber ou quiser.

Com base em sua experiência de consultório, Laila tem constatado que a infidelidade é cercada de mitos. Um deles é a ‘culpa do traído’. Geralmente, ele se considera culpado por ter falhado na relação ou por ter estado ausente ou pouco dedicado. Para Laila, esta é uma crença aceita pela pessoa que traiu e por quem foi traído e até pela sociedade em geral. “O fato é que ninguém leva ninguém a fazer nada. A relação é feita pelos dois lados e não se pode pôr a culpa em uma das partes”. Para um relacionamento ser realmente bom, é preciso coragem de ser verdadeiro. E mais, é preciso respeitar o direito de escolha. Mesmo que a escolhida não seja (apenas) você.

Por Sabrina Passos (MBPress)

11 comentários no Vilaclub

Comente!
Marcelo
seg, 12/09/2011 - 17h10 - reportar abuso

Acredito Priscila, que vc deve me chamar , ai sim poderemos mostrar ao seu Namorado como funciona direitinho isso bjs. e boa sorte

responder ao comentário
Priscila
seg, 12/09/2011 - 14h24 - reportar abuso

Gente estou em uma situação que tem me deixado com muitas dúvidas. Fiquei sabendo através de duas pessoas que conheço que meu namorado me traiu há uma semana. Ele e mais dois amigos foram para casa de um deles com três mulheres e aí nem preciso contar. Ele nega tudo, já falei para ele me contar a verdade, que perdoaria a traição, mas não a mentira. Não consigo ter raiva dele, acreditam? Depois disso até transamos de novo, mas ainda não decidi se volto com ele ou não. Hoje vou ter uma conversa com ele, se ele me contar a verdade, vou continuar meu relacionamento, mas se continuar mentindo aí não vai dar não. Vou até propor pra ele que não importo que me traia, mas tem que me falar, tem que ser sincero. Vou propor um pacto com ele. Poderemos até ter outro parceiro(a), mas jogo aberto, sem mentiras. Não adianta, a infidelidade existe, não existe homem fiel, apenas algumas raras exceções, raríssimas. Então, o melhor a fazer e aceitar, mas se aceito ele tbm vai ter que aceitar da minha parte. O QUE VCS ACHAM?

responder ao comentário
Henrique
ter, 13/09/2011 - 10h28 - reportar abuso

Acho que esta historia mexeu com você porque de certa forma imagina-lo com outra sempre mexeu com você (no seu íntimo fantasiava isto).

Acho super legal sua intenção. Mas tem que saber se ele tem maturidade para entender isto.

No mais. Sorte.

Marcelo
seg, 12/09/2011 - 17h38 - reportar abuso

Priscila conte comigo se precisar me ligue

9770-9446

Marcelo
quin, 16/06/2011 - 16h06 - reportar abuso

Pessoal, o swing é u melhor movimento do mundo, onde quem pratica busca prazer e consequentemente o amor, porque os casais que seguem as regras do swing, acabam aumentando o amor um pelo outro é delicioso só praticando para saber do que estou falando

Abs. a todos .

marcelo_prado10@hotmail.com

responder ao comentário
Henrique
ter, 10/05/2011 - 14h34 - reportar abuso

Pessoal,

Esta experiência é algo sem volta. Eu mesmo nunca imaginei que minha esposa pudesse ter outro. Mas com brincadeiras, filmes e muita conversa, fomos abrindo horizontes e eu fui dando corda até o dia que ela se sentiu segura o suficiente para me contar que de vez enquando saia com outro (é um amante fixo). Neste dia fiquei sem chão, pois apesar de fantasiar, não imaginei que ela já realizava minha fantasia ha algum tempo. Foi complicado. Não briguei nem fiz escândalos, pois havia jurado não fazer isto. Confesso que deste dia em diante nosso relacionamento virou outro. Somos cumplices em tudo. Ela ainda sai com este amante, que por sinal nem sonha que eu sei. É fantastico qdo ela volta pra casa me contando como foi. Só quem já viveu ou vive saberia explicar. Mas olhem... Tem que ter muita cumplicidade, ser muito seguro de si mesmo.

Se quiserem conversar, podem escrever para meu e-mail: henriquei@hotmail.com

responder ao comentário
gato menage
qua, 29/09/2010 - 19h20 - reportar abuso

gostaria de fazer sexo com minha gata e outras pessoas olhando até pasando a mão nela......

responder ao comentário

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

casamentogravidezorgasmo femininomaquiagempenteadosansiedadedietasexo analswingsexo oralbolo de cenourakama sutrafilmes pornôbolo de liquidificador