Homem de bigode

Homem de bigode

Emmanuel Carrère escreveu certa vez que “um homem sem bigode não é mais um homem”. Será mesmo, que o símbolo maior da masculinidade nos anos 1970, ainda é assim tão importante? E será que as mulheres gostam daqueles pelos entre o nariz e os lábios? Parece mesmo que o charme do bigode fica mesmo para os galãs de cinema estilo Tom Selleck, famoso na série “Magnun”. Ou você imagina Leonardo DiCaprio ou Cauã Reymond com um bigode no meio da carinha de bebê?

Os homens têm eliminado os pelos do corpo com muito mais freqüência. Clínicas de todo o Brasil já até se especializaram na depilação masculina - e a aversão aos pelos começa no rosto. Eles mesmos aboliram o bigode.

As mulheres estão adorando. Pelo menos a maioria delas. Juliana Fioresani, 28, diz que nunca se interessou por homem de bigode e sempre achou estranho que o pai ostentasse um. “Eu não gostava que meu pai viesse me beijar com o bigode. Machucava e não entendo como minha mãe aguentou por tanto tempo”, lembra. A mãe dela, Maria do Carmo Fioresani, no entanto, nunca reclamou. “Ele gostava, então por mim estava tudo bem. E, para ser sincera, achei bem estranho quando ele tirou. Parecia que faltava alguma coisa rosto”.

O bigode em questão foi cortado pela raiz há dois anos, quando Roberto desistiu dos fios e acabou aceitando a moda da pele lisinha. “Eu gostava do meu bigode. Nunca deixei de namorar por causa dele e acho que as mulheres até achavam que era meu charme”, diz, modesto.

Casada com Paulo Henrique há 8 anos, Alice Motta, de 40, ainda sofre quando o marido, Pedro Luis Motta, resolve deixar o bigode crescer. “Parece que ele faz para me provocar. Quando começa a crescer, é horrível. Eu aceito porque ele gosta”. Alice diz que, vez ou outra, Pedro quer mudar o visual e aposta no bigode, para azar dela.

O problema, para quem ainda acha que o bigode é símbolo de masculinidade, é que os homens estão vaidosos e preocupados com a aparência. “Os anos dourados em que o bigode era o símbolo do macho acabaram. Agora estão na moda esses padrões femininos de beleza, para homens delicados”, critica Ricardo Maluzi, 31. Ele adora o bigode e não tira por nada.

Mariana Cunha, 27, diz que nunquinha beijaria um homem de bigode. Tem pavor. “Aqueles que fumam dá mais nojo ainda. Nem sei se tenho algum amigo que tenha bigode”. Quando tenta lembrar de algum conhecido bigodudo, se diverte. “Só conheço o meu pediatra. E do Seu Madruga, do Chaves”. Para ela, o legal é ter o conjunto barba e bigode - e não simplesmente os pelos em cima da boca, no melhor estilo Marcelo Camelo, dos Los Hermanos.

Parece mesmo que os bigodes estão em baixa. Se elas dizem que gostam, é só para agradar os amados. George Clooney pode. Só ele.

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comentários

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

Últimas

Top Temas

casamentoorgasmofeticheorgasmo femininoclitórispenteadosprazeransiedadecortes de cabelosexo analquadrinhos eróticosswingpompoarismovibradorfantasias sexuaissexo oralkama sutrafilmes pornôejaculação femininasexo selvagemtabus sexuaiscenas de amorbeijo gregoposições sexuais50 tons de cinza