Me apaixonei por um homem mais novo

sex, 10/10/2008 - 13h53

Me apaixonei por um homem mais novo

As grandes histórias de amor não estão presas nas telas de cinema. Pelo contrário, elas andam soltas por aí, vencendo barreiras e preconceitos, promovendo uma deliciosa reviravolta na vida de muitas mulheres. Surgem sem querer, em momentos inusitados, com pessoas inesperadas.

Foi assim com a jornalista Ana*, paulista de 40 anos, casada com André*, um homem 10 anos mais novo que ela. O caso de amor dos dois é de dar inveja. Começou no mundo virtual, mas não demorou muito para se tornar real. E bem real!

Felizes, cúmplices e pais de duas meninas, eles se completam. São, sim, a prova de que o bom relacionamento a dois não depende de muitos segredos. Pronta para se emocionar? Acompanhe a história de Ana...

Conte um pouco sobre a história e a vida de vocês.

Tenho 40 (faço 41 em dezembro) e ele faz 32 em janeiro. Ele estava na faculdade e eu já era formada de velho. Somos capricornianos. Quando eu o conheci, numa sala de bate-papo da internet (que por sinal era da faixa etária de 30 a 40 anos), ele tinha 23 e mentiu dizendo que tinha 24 (como se 1 ano fizesse diferença). Decidimos ficar juntos no mesmo dia em que teclamos pela primeira vez. Já faz sete anos e meio. Na nossa aliança, aliás, está a data do dia em que teclamos: 15/04/01. Temos duas filhas: de 6 e 4 anos. Mas preciso confessar que, no primeiro mês, ou também no segundo, eu tentei desistir algumas vezes (várias vezes), dizendo que um relacionamento com tanta diferença não poderia dar certo, que ele ainda tinha muita coisa para viver e que eu ia envelhecer muito mais rapidamente. E ele sempre disse - e demonstrou - que não se importava, que era uma coisa absurda eu acabar um relacionamento que ia bem só pela idade. E ele sempre se mostrou tão firme nisso (sempre mesmo, não só no início) que eu fui entrando na dele, felizmente. Hoje, brincamos muito que ele vai empurrar a minha cadeira de rodas na praia, quando eu estiver bem velhinha. Se eu disser que nunca passou pela minha cabeça que ele vai enjoar de mim é mentira, mas se eu tivesse 10 anos a menos ele também não poderia enjoar? Ele diz que tudo isso é uma grande bobagem minha e, quer saber, eu acredito. Se me perguntarem se eu me arrependo ou se acho que fiz besteira, respondo que não, não, não, mil vezes não. Acho que a melhor coisa que aconteceu comigo foi ter entrado naquela noite de domingo de Páscoa na internet e tê-lo convidado para comer ovo de Páscoa comigo.

Como é o relacionamento com um homem 10 anos mais novo?

O relacionamento é comum, normal, como se ele tivesse 20, 40, 50... E amor lá vê idade? Não ficamos pensando na idade antes de tomarmos alguma decisão, de brigarmos (aliás, isso nunca foi jogado na cara como motivo de alguma coisa) ou fazermos as coisas simples do dia-a-dia. Temos momentos bons e ruins como qualquer casal e a idade não interfere muito na nossa rotina. Acho que ajuda muito o fato de eu, jornalista, ser extremamente festeira e extrovertida, e ele, auditor, mais introvertido e caseiro. Não há diferenças em relação a homens mais velhos, mas devo admitir que sempre me senti mais atraída pelos mais novos.

Já chegou a ouvir alguma gracinha ou foi vítima de preconceito por conta da diferença de idade?

Por incrível que pareça, nunca, nem de brincadeira. Muita gente nem sabe dessa diferença toda, apesar de não haver nenhum problema em divulgá-la. As pessoas nem percebem ou, se notam, não falam nada e eu também não fico muito preocupada com isso. A única que reclamou, como já era de se esperar, foi minha sogra, que ainda não se conformou de ter perdido o único filho (aos 23 anos) e, sempre que pode, solta uma graça. Mas a gente dá risada dessas situações e segue em frente.

Muita coisa mudou na sua vida a partir do relacionamento com ele? Por exemplo, você deixou de lado algum tipo de preconceito que mantinha?

Nada mudou, porque não havia preconceito. Eu acho que nunca havia pensado neste assunto. O relacionamento é como se fosse com alguém da minha idade. Acho que o segredo é não tratá-lo como criança, com aquele ar de superioridade característico dos mais velhos. Até porque isso não tem nada a ver, ele é muito mais centrado que eu, mais racional e vive me dando conselhos e me fazendo descer das nuvens. Como ele diz, eu sou muito emocional e ele está aqui para mostrar que não é bem assim. Se pararmos para pensar, o mais velho é ele... (risos).

Tem medo do futuro por conta da diferença de idade?

Claro que já pensei nisso, mas não é algo que eu fique remoendo ou preocupada a cada instante. Fico imaginando como será daqui a 10,15, 20 anos (sim, porque se depender de sentimento, estaremos juntinhos). Quando eu pergunto para ele coisas do tipo: ‘já imaginou como eu estarei com 60 anos?’. ‘Ele responde: já pensou que eu terei 50?’. Para piorar, eu sou vaidade zero, ou seja, não fico me empastando de cremes e tratamentos de beleza, detesto academias e afins, estou acima do peso, não vivo em salão de beleza e nem sou escrava da moda. Uma vez, fui a um geriatra buscar tratamento para prevenir envelhecimento. Meu marido deu risada, disse que não precisava de nada disso, que ele me acha linda e que essa minha disposição em parecer mais nova ia durar nem uma semana. Dito e feito! Demos muita risada disso. O que importa é estar bem comigo, com ele, com a vida, ter projetos. Eu e ele temos um grande projeto em comum, que é o de criar nossas filhas. Também temos projetos médios: comprar uma casa nova com quintal, para eu fazer churrasco todo fim de semana para todos os milhões de amigos (e ele promete que não vai ficar de bico), levar as meninas à Disney, comprar um carro... E pequenos projetos também, mas não menos importantes, como assistir a um filme juntos; preparar uma tábua de frios para ficar em casa; dormir de conchinha... Acho que vamos vivendo assim: com amor e um dia depois do outro, sem pensar muito na velhice, que aliás, chega pra todo mundo, inclusive pra ele.

* Ana e André são nomes fictícios.

Leia também - Você largaria tudo por um amor?

Por Adriana Cocco

35 comentários no Vilaclub

Comente!
Andréia
quin, 23/10/2014 - 03h04 - reportar abuso

Eu tenho 30 anos, estou com um rapaz q fará 16. Eu com aparência bem mais jovem, todos falam, ele grandão, com aparência de mais idade. A mãe dele descobriu sobre nós, amanhã estarei indo conversar com ela... Se ela aceitar, iremos assumir uma relação... Estou com meu coração na mão... Mas ele tem uma maturidade q não vejo nos homens da minha idade hoje em dia, me respeita, sabe dialogar, me faz feliz, e demonstra um amor puro q nunca senti em outros antes... Mas vejam minha situação: vou ir na casa dele, como se tivesse indo pedir ele em namoro, e ainda ver se a mãe vai aprovar. Estou aflita, mas já entreguei nas mãos de Deus!! Obgda pela história linda dos casais, tanto nos comentários, como o foco da notícia.

responder ao comentário
Ana
seg, 25/08/2014 - 00h26 - reportar abuso

Eu também me vejo assim, à 6 meses namoro um rapaz de 17, tenho 36 no começo ele ficou me paquerando e eu sempre levava na brincadeira, depois cedi aos encantos dele, foi td de bom,no começo era só curtição, hoje assumimos até na empresa que temos um relacionamento muito feliz, e pretendemos que dure muito tempo,idade não importa quando a pessoa se sente bem e feliz com outra pessoa que sente o mesmo que vc, o importante é ser feliz.

responder ao comentário
Jose Hercules
sex, 31/01/2014 - 03h48 - reportar abuso

eu Me apaixonei ppor um menino de 13 anos , eu não sei o q fazer pois eu sou hetero e tenho 17 , mas eu tou apaixonado por completo , não consigo fikar sem ver o Danilo, por um dia o que eu faço?? me ajude? nos fomos criando uma amizade , e transformou em amor, não sei se, ele sente o mesmo por mim , mas eu o amo,,, ajudddddddddaaaaaaaaaaaaaaa.. por favor

responder ao comentário
Ana Banana
seg, 13/01/2014 - 21h23 - reportar abuso

Eu fui casada um ano com uma pessoa de 31 anos... hoje tenho uma filha de 1 ano e 5...há mais ou menos 4 meses estou me relacionando com um homem de 26 anos. No começo ele me deu uma super gelada dizendo que não queria nada sério... depois de um tempo ele parecer ter mudado de idéia... hoje estamos bem, mas ainda não sei oq ele realmente quer de mim... nos vemos e temos tudo q um casal tem, mas morro de medo de dizer que estou caída por ele.... não sei tb oq faço. O medo da diferença de idade me assusta, pois é a primeira vez que me enrolo com alguém tão novo.

responder ao comentário
ana amelia santos de freitas
quin, 01/08/2013 - 09h35 - reportar abuso

oi tbm eu acho quer voce deve ser feliz com ele eu sou casada com um rapaz de 21 anos eu tenho 33 moramos juntos a 6 anos temos uma filha de 2 anos e somos muito feliz ;

responder ao comentário

Especiais VilaMulher

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas