Tatuar o nome do namorado?

Tatuar o nome do namorado

Tatuagem de Jaqueline Daniel: nome dela e do namorado em chinês.

A marca que um grande amor deixa na vida de qualquer pessoa transcende o tempo. Há quem lembre com mais intensidade e os que preferem deixar a memória de lado, numa caixinha escondida da mente. E no meio desses, há quem decida marcar na pele o amor que sente pelo outro. As tatuagens que funcionam como prova de amor são populares e representam um golpe baixo daqueles na hora de declarar a paixão.

Entre os famosos, o casal fenômeno Daniela Cicarelli e Ronaldo gravaram as iniciais de seus nomes no pulso - e logo precisaram dar um jeitinho de cobrir o desenho. A relação relâmpago dos dois não durou mais de um semestre. A apresentadora Angélica acaba de homenagear o marido Luciano Huck, com o a letra ‘L’ no pescoço.

Deborah Secco tatuou no pé o amor pelo cantor Falcão, do grupo “O Rappa”, mas também tratou de apagar, com um poderoso método laser. E o que dizer da tatuagem na parte interna dos lábios que a modelo Isabeli Fontana fez com o nome do ex, Henry Castelli? Para retirar, depois que o namoro acabou, ela precisou cortar a pele pintada e levar pontos. Henri agora namora a atriz Fernanda Vasconcellos e Isabeli está com Falcão, que antes era de Deborah.

A bela Angelina Jolie, famosa por suas várias tatuagens, cobriu o nome do ex-marido, Billy Bob Thornton, com as coordenadas dos locais de nascimento dos seus filhos no seu braço esquerdo.

O troca-troca de namorados e amores (e tatuagens) também acontece na vida real. Cristina Assumpção tinha 18 anos quando decidiu tatuar o nome do namorado, Rodrigo, nas costas. “Decidi fazer porque acreditava que ficaria com ele para sempre e por achar que ele era o amor da minha vida. Também queria mostrar (para o próprio e para os outros) o quanto ele era importante pra mim”, conta. O namorado também tatuou o nome de Cristina, no peito.

Eles chegaram a noivar, mas o romance não foi para frente. Hoje, Cristina não tem certeza se o sentimento que carrega com a tatuagem é o de arrependimento. “O pior é perceber o quanto já fui boba e imatura”, diz. Ela cobriu o nome dele com uma nova tatuagem, meses depois do rompimento. “Procurei um bom profissional para que o trabalho fosse feito com qualidade. Mesmo assim, ainda aparece um pouco. Sem contar que a dor de uma tatuagem de cobertura é bem maior do que uma normal”, conta.

Cristina hoje mora com um novo namorado e ele se incomodava bastante, antes dela cobrir o nome de Rodrigo. “Quando comecei a namorar meu atual “namorido”, ainda tinha a tatuagem. Ele se incomodava bastante com o nome e vivia me pedindo para cobrir de vez. Quando fui cobrir, ele foi comigo e não teve vergonha da situação. Mas ainda hoje se irrita quando vê que dá para enxergar o nome debaixo da tatuagem nova”.

Aos 24 anos, Cristina diz que com certeza não faria outra tatuagem deste tipo. E, se pudesse, aconselharia as pessoas de que o amor pode não ser para sempre. Mesmo achando que muitos namorados merecem provas tão intensas, ela não indica a ideia.“O sentimento acaba e a tatuagem fica”.

A estilista Jaqueline Daniel também tatuou o nome do namorado, mas diferente de Cristina, não se arrepende. Ela escreveu o nome dela e do amado com símbolos chineses, nas costas. “O André foi comigo para confirmar se era verdade mesmo que eu iria tatuar nossos nomes juntos, com apenas três meses de namoro”, lembra. Hoje ela se diverte com a história e lembra que a decisão nasceu de um impulso. “Mas como não meço esforços para demonstrar meu amor - e adoro tatuagem - resolvi e fiz”.

Ela não quis escrever em português porque acha que seria exposição demais. “Não preciso ficar mostrando que tenho dono ou ficar escutando pessoas preconceituosas, dizendo que sou burra por tatuar o nome do namorado. E como queria um símbolo em chinês, bingo!”

Tatuar o nome do namorado

Jaqueline Daniel. Tatuagem de declaração que namorado fez em um papel.

Além dos nomes, Jaqueline também tatuou no punho uma declaração de André. Ele escreveu num pedacinho de papel a frase ‘Te Amo’ e ela tratou de levar para o tatuador copiar e transformar a frase em arte na pele.

“Não tenho medo de me arrepender. Nesses cinco anos de namoro ficamos separados por dois meses e em momento algum veio o sentimento de arrependimento”, lembra.


Ela conta que algumas pessoas falavam ‘e agora, o que você vai fazer com essas tatuagens?’, e davam risada. “Eu simplesmente respondia que, apesar de ter terminado, levaria ele sempre no coração, já que era uma pessoa que me ensinou muito e por quem eu tinha um grande carinho”. Para ela, aprendizado, evolução e carinho, mesmo que a relação acabar, ficarão guardados para sempre. A tatuagem vai apenas ajudar a memória. O problema é quando tudo o que você quer é esquecer!

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comentários

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

Últimas

Top Temas

casamentoorgasmofeticheorgasmo femininoclitórispenteadosprazeransiedadecortes de cabelosexo analquadrinhos eróticosswingpompoarismovibradorfantasias sexuaissexo oralkama sutrafilmes pornôejaculação femininasexo selvagemtabus sexuaiscenas de amorbeijo gregoposições sexuais50 tons de cinza