Especial de Páscoa

Traição tem perdão?

Seg, 30/06/2008 - 14h34

Traição tem perdão

Há algumas semanas, o Vila Dois mostrou o relato de uma "amante", o outro lado de uma história de traição. Hoje vamos conhecer a história de alguém que foi traída e soube perdoar. Afinal, como continuar com uma pessoa que já te enganou ou fez sofrer alguma vez?

A turismóloga Bianca Menezes* foi traída e conta a experiência. Quando sua relação tinha sete meses, ela descobriu a "pulada de cerca". "Encontrei umas mensagens dele para uma menina em um site e achei muito suspeito.

Publicidade

Resolvi investigar e não tinha como duvidar, ele estava me traindo", recorda.

Aos prantos, os dois conversaram por telefone e decidiram se encontrar no dia seguinte. "Eu estava fria, não tinha conseguido dormir, e ele não parava de chorar. Repetia o quanto me amava e que tinha feito besteira, que ele estava se sentindo mal e não conseguia nem falar comigo direito. É verdade, ele estava estranho, não gosto nem de lembrar", diz Bianca.

Depois das explicações, o casal resolveu dar um tempo no namoro para que cada um decidisse o que achava melhor fazer. Eles se encontraram algumas vezes e duas semanas depois resolveram reatar. "Não dava para continuar daquele jeito. Ou a gente voltava e eu tentava perdoar ou terminava de vez. Aquele tempo estava me fazendo mal. Então, decidimos voltar", declara a turismóloga.

A escolha de retomar o relacionamento veio depois de pedir vários conselhos para sua mãe e notar o namorado muito triste. "Ela me ajudou bastante, falava que éramos muito novos e que ele tinha direito de errar, que ele gostava de mim e merecia uma chance. Mas que qualquer outro erro, eu tinha que dar um pé na bunda", afirma.

Três anos e sete meses depois, Bianca ainda fica abalada ao falar sobre o assunto. Ela garante que perdoou o namorado, mas o trauma ficou. "Acredito que ele não vá mais fazer isso. Eu cresci, ele cresceu, ele mudou bastante. Ele sempre repete que não imaginava poder me fazer sofrer tanto e sempre chora quando tocamos nesse assunto. Mas ainda fica aquele medinho, aquela sensação ruim de ‘nossa, só falta acontecer de novo’", revela.

A psicóloga Lívia Lopes explica que o perdão em um relacionamento depende dos dois lados. A pessoa traída precisa se sentir à vontade para desculpar o erro e seu parceiro tem que mostrar que está arrependido e mudou. "Quando a pessoa gosta, se deixa levar pelo lado sentimental. Mas se perdoa uma vez, fica desconfiada para sempre, é um trauma muito forte. Ninguém gosta de ser traído. É preciso muito diálogo e compreensão dos dois lados, pois não é fácil nem para quem foi enganado e nem para quem busca o perdão", explica a psicóloga.

Quem resolve perdoar precisa pensar bem se vale a pena e se a outra pessoa faz por merecer, mas não pode querer jogar a culpa no parceiro o tempo todo. Uma vez que se propôs a esquecer, tem que cumprir sua parte do acordo. "Se não tiver clima para perdoar, tem que buscar um novo relacionamento. Vai ser difícil voltar a confiar em alguém, a auto-estima fica abalada. Mas é importante conversar com o novo parceiro e perceber se ele é digno de confiança. Não é por que a pessoa foi traída uma vez que vai ser traída sempre. Assim como quem trai uma vez pode se arrepender e não fazer mais. As pessoas mudam. Nos resta dar uma chance para isso", completa a especialista.

Fonte - MBPress

45 comentários no Vilaclub

Comente!
Jéssica Santos Jéssica Santos
Seg, 13/01/2014 - 16h17 - reportar abuso

Olá! Bom o meu caso não é tão diferente do que acontece por ai com os casais. Há 7 anos conheci meu atual marido tinha 16 anos e ele 17 eram juras e juras de amor a gente vivia muito bem sabe, eu me sentia em um conto de fadas. Quando tinha-mos 1 ano e meio de namoro eu percebi ele estranho comigo, ja não me tratava como antes, a gente estudava junto na mesma sala, ele saia pra atender o telefone e dizia que era sua mãe e eu acreditava, ate que um dia eu desconfiei e presionei ele e perguntei o que estava acontecendo ele me falou que tinha ficado com uma garota, fiquei arrasada mandei ele embora da minha casa. Depois ele começou a me procurar e me dizer que estava arrependido, acabamos voltando depois de muitas conversas e decidimos nos casar ate porque eu estava grávida. Com o tempo eu esqueci ele sempre se mostrava arrependido. Quando minha filha estava com quase 2 anos de idade o pai dele sofreu um acidente e prescisou fazer uma cirurgia ele morava em outra cidade, meu esposo que tinha acabado de sair do serviço foi ficar lá com seu pai que prescisava de ajuda, eu não pude ir pois eu trabalhava não tinha como ir, eu ligava pra ele todos os dias ele ficou 15 dias fora, por telefone ele me tratava indiferente, quando ele voltou queria ate terminar o nosso casamento eu insistia que não pela nossa filha!! depois disso engravidei tivemos outra filha que hoje já esta com 2 anos, e eu senti de perguntar para ele que eu sempre tive essa desconfiança de quando ele foi cuidar do seu pai. Eu persisti em perguntar ate que ele falou que tinha conhecido outra mulher e que tinha ficado com ela. Meu mundo desabou depois de quase três anos desse traição foi que eu descobri, mais la no fundo do meu coração eu sentia que ele tinha feito algo mais não queria acreditar! Descobri a verdade há 2 dias, estamos frequentando uma igreja, onde ele disse que quer se batizar e casar comigo na igreja, mas depois dessa descoberta eu não sei mais o que fazer,penso muito nas nossas filhas que são muito ligadas a ele, e ele também com elas mas meu coração esta destruido minha vontade é de sumir e de nunca mais vê-lo, mais temos uma família o que faço preciso de um conselho. de um conselho que seje realmente a solução... Eu esqueci de dizer que ele se diz muito arrependido e quando ele lembra do que ele fez ele sofre pois não é esse o exemplo que ele quer dar pras filhas dele.

responder ao comentário
Patricia Patricia
Qui, 19/04/2012 - 00h01 - reportar abuso

Boa noite
Bem ja namorei por 2 anos e meio um cara que "parecia perfeito", me tratava bem me respeitava, mais com o tempo ele ficou diferente comigo, me tratava friamente e dizia que não tinha mais certeza que me amava,eu sofria pois eu gostava muito dele, resumindo ele acabou me traindo com uma moça do serviço dele que também namorava, ele mesmo me contou, eu sofrii, xoreii, mais não consegui perdoar ele, hoje depois de quase 2 anos estou noiva de outra pessoa maravilhosa que me faz muito feliz e vejo que tudo que aconteceu foi uma permissão de Deus para mim aprender a ser mais esperta, agora sou mais confiante em mim, mais sei como o mundo esta, mais não desisti do amor, de amar e de ser amada, tenho 20 anos e meu noivo 24 amo ele demais e confio nele apesar de eu ter ciumes, e acho que se acabou o respeito no relacionamento não ha amor que suporte....

responder ao comentário
Tatiana Tatiana
Ter, 10/04/2012 - 14h23 - reportar abuso

O meu caso é diferente =\
Eu comecei um relacionamento sem compromisso no carnaval de 2011, durante o tempo a gente ia ficando , ela mora em outra cidade a uns 45 minutos da minha cidade , mais a família dele avôs primos e tios moram na mesma cidade que eu , então ele já tinha costume de frequentar aqui ... o tempo foi passando e as coisas ficou seria , então decidimos namorar , meus pais são muitos rígidos e nos encontrar escondido estava complicado , era 1° de outubro de 2011 começamos a namorar em casa , pediu o meu pai tudo certinho a moda antiga mesmo ... o nosso namoro sempre foi muito bom , e apaixonados um pelo outro.... Uma menina aqui da minha cidade começou a dar em cima dele , ai ele e minhas cunhadas me contaram e eu fui conversa com esta menina na ignorância mesmo , e ela se deu conta e caiu fora ... passamos festas juntos , fui na casa dele , nossa o namoro era muito bom mesmo *-*
Até que chegou o carnaval 2012, ele se veste de mulher todo ano rsrsr foi muito engraçado eu com um mulherão loira do meu lado ... isto era uma sexta feira , no sábado eu me vesti de anos 60 , foi muito legal , eu e as irmãs dele brincamos muito , a gente bebeu ,cantou, pulou , uma amizade bacana demais ... era umas 2:30 eu tive que ir embora , minha mãe queria ir embora , ai deixei ele com as irmãs dele ... cheguei em casa deitei , muito alegre pela noite , doida que chegasse o proximo dia ... era aproximadamente umas 4:00 por ae quando o meu irmão chegou dizendo que tinha pegado o meu namorado com uma manina dentro de um carro... ( a menina era a mesma que dava em cima dele antes , ela tem 13 anos , uma completa 'piranha' da cidade , já fez dois abortos , um lixo de ser humano) meu mundo parou , eu chorei muito , de soluçar igual criança , eu queria me matar na hora corre a traz dele , não acreditar , nossa parecia um pesadelo , eu não dormi a noite toda , passei a noite chorando , e olhando nossas fotos , eu realmente estava sem vida ... Quando o dia amanheceu eu ainda levantei olhei no espelho e queria acreditar que teria sido um pesadelo daqueles ... mais não era , passei o meu dia chorando... a noite eu queria ir no carnaval para olhar no rosto dele , para sentir ele de novo , e escultar que nada tinha acontecido .... Não foi bem assim , ele apareceu me chamou pra conversa em um tom muito estranho , eu fui... nos sentamos em um meio-fio distante da festa... ele não me olhava no olho , dizia estar muito envergonhado , que eu mereço coisa melhor , que ele estava decepcionado com ele mesmo , e a familia dele estava toda com vergonha dele , eu enchi o olho d'agua , quando vi ele com os olhos vermelhos chorando , eu chorei junto , eu disse varias vezes que eu confiei tanto nele , ele só confirmava com a cabeça baixa me escultando , eu falei que eu amo ele tando , que a gente tinha nos prometido em nunca fazer um sofrer , que tudo seria eterno , quando ficou um silencio enorme , eu coloquei sore os braços dele a minha mão , e disse ele bem forte olhando para seu rosto " não esquece que eu te amo muito" sai chorando , em desespero , imediatamente recebi uma mensagem no celular " desculpa por tudo" , eu fui embora pra casa , chorei muito , e mais uma noite em claro , nao voltei no carnaval , estava sem clima ...
Meus dias estão muito ruins , minha notas no colegio estão baixas, eu já quis me matar , desistir de tudo ... não tenho mais forças
eu não aguentei e 1 mes depois mandei um sms pra ele fizendo que pode passar meses mais não vai sair de mim este sentimento , ele me respondeu dizendo que nã quer fazer mal pra uma pessoa maravilhosa como eu ...
Eu ando sofrendo muito ... a cada dia é pior , depois de varios dias eu vi ele este fim de semana , a gente só se olhou , e depois disso não consigo mais dormir a noite direito , e não consigo passar um dia si quer sem olhar fotos e mensagens ...
Estou doente de amor ...
Eu tenho 17 anos :) e não sei o que fazer da minha vida =\

responder ao comentário
mayara mayara
Qui, 05/04/2012 - 23h49 - reportar abuso

Meu caso e kii o melhor amigo do meu namorado falou q o meu namorado ia fik com outra mina fikei mt triste parece q ele vai marca pra fik coom a mina nesses dias ii o amg do meu namorado falou q eu nao podia contar pro meu namorado q ele tinha me contado isso e eu falei pois eu so quero uma coisa se fik tu fala ai ele falou q eu podia fik trankuila pq ele ia me contar... ms eu to com mt medo pq eu amo d+ meu namorado e se ele me trair como eu vo termina que explicaçao eu vou dar oq eu dizer.... mt mt triste

responder ao comentário
marlon marlon
Sáb, 24/03/2012 - 21h23 - reportar abuso

e mas e quem ja traiu 3 vezez olha q eu sou homen e aconteceu comigo e eu descobri tudo nossa to sofrendo paca affsss e dificil perdoar de novo mas to na duvida o q eu faço gosto moito dela ainda e nos temos 2 filhos e dificil tomar descisao???????

responder ao comentário
Lola* Lola*
Qui, 01/03/2012 - 11h10 - reportar abuso

Minha situação é diferente e gostaria de uma opinião, namorava a um ano e 8 meses, o pai do meu namorado a 2 meses atras estava muito mal no hospital internado, um mes antes disso acontecer minha vida sexual com meu namorado ja havia mudado, ele ja não me procurava antes, as vezes era grosso comigo e depois que o pai adoeceu as coisas so pioraram pois ele tem uma filha de 20 anos e tudo que ele começou a fazer era em função da filha e do pai, ate no hospital quando os medicos chegavam pra ser apresentada a familia eu do lado dele nunca era apresentada.. era como se esquecessem de mim (isso aconteceu em outras ocasiões) sou jovem (27 anos) e bonita e meu namorado tem 40. Ele depois que o pai adoeceu chegou a falar que as vezes transava comigo por obrigação pra eu não ficar emburrada com ele (isso ele se referia a 1 transa por mes apenas), então passei a me sentir um lixo, ele ja não era mais carinhoso e nem atencioso como antes, eu era sempre a segunda opção na casa dele e ele as vezes me tratava com ignorancia.. nesse tempo em que o pai dele estava doente no hospital comecei a conversar mais com um amigo pelo msn ate que combinamos de sair, e acabamos ficando, não rolou sexo nem nada, so beijo, depois disso no dia seguinte me arrependi e mesmo com meu relacionamento estando um lixo queria ser somente do meu namorado.. o pai dele veio a falecer 45 dias depois de internado, fiquei ao lado dele o tempo todo e dando todo carinho e atenção e tentando ser paciente com a filha pentelha dele.. A 3 dias fui precionada pela namorada do cara ao qual fiquei a contar pro meu namorado que o havia traido.. acabei contando ela mostrou pra ele o historico do msn e depois disso ele ficou super puto comigo, falando em me agredir, no dia seguinte fui tentar conversar com ele e pedir desculpas mas não teve jeito, ele disse que a vontade dele era me dar um tiro, e chegou ate a me agredir, me chutar e tal, nisso eu emplorando em lagrimas pra ele me perdoar. Será que ele neste caso algum dia poderia vir a me perdoar??? E sera que com esta situação eu realmente deveria ficar insistindo em voltar com ele? no momento de crise da nossa relação tentava falar com ele do que eu sentia mas ele sempre me cortava ou era ignorante. E agora?? me deem opinião! por favor!

responder ao comentário
LETICIA KELLY LETICIA KELLY
Sáb, 11/02/2012 - 16h52 - reportar abuso

odeio se traida por uma pessoa q mais amo

responder ao comentário
rafaa rafaa
Ter, 07/02/2012 - 23h41 - reportar abuso

Diga para você mesmo o nome do único rapaz ou moça com quem gostaria de estar (três vezes)... Pense em algo que queira realizar na próxima semana e repita para você mesma (Venha cá ANJO DE LUZ eu te INVOCO para que Desenterre M de onde estiver e faça ele ME telefonar ainda hoje Apaixonado e Arrependido, desenterre tudo que está impedindo que M venha para MIM, afaste todas aquelas que tem contribuído para o nosso afastamento e que M não pense mais nas outras... mas somente em MIM. Que ele ME telefone e ME AME. Agradeço por este seu misterioso poder que sempre dá certo. Amém...). Publique esta simpatia por três vezes, basta copiar e colar em um forum diferente essa simpatia acima e logo em 48 hs você terá uma linda surpresa. Beijos ainda esta noite de madrugada. Teu amor dará conta de que TE ama, algo assim acontecerá entre 1 e 4 horas da manhã esteja preparada para o maior choque de sua vida ! Se romper esta corrente terá má sorte no amor. Deus vai lhe abençoaalessandrar e sua vida não mais será a mesma

responder ao comentário
Seg, 23/01/2012 - 00h52 - reportar abuso

eu tbm tenho uma coisa triste pra conta namorei 5 anos e descobrir q ele me traiu quando ele foi toma banho vi o celular dele desligado resolvi liga o celular e quando liguei alguem estava ligando era uma tal de gisele fiquei louca meu chao sumiu parecia q eu ia cai em um burraco + respirei e quando ele saiu do banheiro falei um monte pra ele e terminei o namoro os dias passaram ele pediu pra volta falei td bem + ja tava td certo eu ia me vinga fiquei com um amigo dele ele ficou sabendo e quase morreu ai terminamos msm passou uns 6 meses e voltamos falamos q ia esquece td que queriamos fica juntos só q agora depois de uns 5 meses o telefone dele tocou no natal e ele nao quis atende eu pedi pra ele deixa q eu atender + ele nao deixou fiquei brava e mandei ele embora e ate hj nao quero + ele tentou enventa desculpa q era o irmao dele + nao adianta, ele me liga todo dia + nao atendo apago as msg nao troco o chip pq tenhos outros contatos importante e sou madura nao quero + faz um mes quarta feira q nao falo com ele so nao entendo pq ele fez isso cmg de novo tava td tão bem

responder ao comentário
Lola* Lola*
Qui, 10/11/2011 - 23h45 - reportar abuso

Minha situação é diferente e gostaria de uma opinião, namorava a um ano e 8 meses, o pai do meu namorado a 2 meses atras estava muito mal no hospital internado, um mes antes disso acontecer minha vida sexual com meu namorado ja havia mudado, ele ja não me procurava antes, as vezes era grosso comigo e depois que o pai adoeceu as coisas so pioraram pois ele tem uma filha de 20 anos e tudo que ele começou a fazer era em função da filha e do pai, ate no hospital quando os medicos chegavam pra ser apresentada a familia eu do lado dele nunca era apresentada.. era como se esquecessem de mim (isso aconteceu em outras ocasiões) sou jovem (27 anos) e bonita e meu namorado tem 40. Ele depois que o pai adoeceu chegou a falar que as vezes transava comigo por obrigação pra eu não ficar emburrada com ele (isso ele se referia a 1 transa por mes apenas), então passei a me sentir um lixo, ele ja não era mais carinhoso e nem atencioso como antes, eu era sempre a segunda opção na casa dele e ele as vezes me tratava com ignorancia.. nesse tempo em que o pai dele estava doente no hospital comecei a conversar mais com um amigo pelo msn ate que combinamos de sair, e acabamos ficando, não rolou sexo nem nada, so beijo, depois disso no dia seguinte me arrependi e mesmo com meu relacionamento estando um lixo queria ser somente do meu namorado.. o pai dele veio a falecer 45 dias depois de internado, fiquei ao lado dele o tempo todo e dando todo carinho e atenção e tentando ser paciente com a filha pentelha dele.. A 3 dias fui precionada pela namorada do cara ao qual fiquei a contar pro meu namorado que o havia traido.. acabei contando ela mostrou pra ele o historico do msn e depois disso ele ficou super puto comigo, falando em me agredir, no dia seguinte fui tentar conversar com ele e pedir desculpas mas não teve jeito, ele disse que a vontade dele era me dar um tiro, e chegou ate a me agredir, me chutar e tal, nisso eu emplorando em lagrimas pra ele me perdoar. Será que ele neste caso algum dia poderia vir a me perdoar??? E sera que com esta situação eu realmente deveria ficar insistindo em voltar com ele? no momento de crise da nossa relação tentava falar com ele do que eu sentia mas ele sempre me cortava ou era ignorante. E agora?? me deem opinião! por favor!

responder ao comentário
Veja mais comentários

Especiais Vila Mulher

Especial de Páscoa

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

artesanato bolo de cenoura bolo de chocolate cabelos curtos cortes de cabelo emagrecer enfeites de natal lembrancinhas chá de bebê lembrancinhas de natal maquiagem moda verão 2014 orgasmo pensão alimentícia penteados penteados para madrinhas posições de sexo posições sexuais sexo anal sexo oral unhas decoradas vestidos