Cirurgia para mudança de sexo não compromete o prazer

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Cirurgia para mudança de sexo não compromete o pra

Ariadna - Foto/Divulgação Tv Globo

Durante sua participação no BBB11, a transexual Ariadna garantiu que a cirurgia para mudança de sexo não limitou seu poder de sentir prazer durante o sexo e que até já atingiu um orgasmo. Inclusive o ex-namorado da cabeleireira disse que se sentiu muito satisfeito.

As revelações da ex-BBB ajudam a confirmar que a cirurgia para mudança de sexo não limita o prazer sexual. "Quando fazemos o procedimento em um homem, usamos a pele do pênis para fazer a vagina. E como esta mesma pele tem ótima sensibilidade em toda a sua extensão, a nova mulher tem prazer e orgasmo pleno tão bom ou melhor do que uma mulher natural", diz o médico urologista Carlos Adib Cury, coordenador da Unidade de Mudança de Sexo da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto.

Com a cirurgia, a relação sexual começa a ser passiva, ou seja, o paciente deixa de ter ereção para ter penetração. "A lubrificação fica comprometida no começo, mas com o tempo a pele adquire características próprias, podendo dispensar o uso de lubrificantes artificiais", explica Dr. Cury.

Como o nosso organismo tem a tendência de fechar todos os orifícios que construímos, a nova mulher precisa usar um molde para a vagina não atrofiar. "Ele deve ser usado, no mínimo, duas horas por dia", orienta o urologista.

No caso da cirurgia de mudança de sexo em mulheres, a grande quantidade de pedidos é para retirada das mamas. "A grande maioria não faz questão de colocar um pênis, mas quando o procedimento é realizado o resultado nem sempre é bom. É necessário colocar uma prótese, uma vez que não há ereção", esclarece Dr. Carlos Cury. "O que se pode fazer também é promover o crescimento do clitóris com a ajuda de hormônios, dando origem a um micropênis".


A intervenção cirúrgica para transformação de homem em mulher dura em média quatro horas. E, segundo Dr. Carlos, a recuperação é muito boa. "Operei um rapaz recentemente e dei alta para ele em uma semana. Daqui a10 dias, voltará para tirar os pontos". Após três meses, a pessoa já pode ter relações sexuais.

Por Juliana Falcão (MBPress)

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
 

Comentários

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

Últimas

Top Temas

casamentoorgasmofeticheorgasmo femininoclitórispenteadosprazeransiedadecortes de cabelosexo analquadrinhos eróticosswingpompoarismovibradorfantasias sexuaissexo oralkama sutrafilmes pornôejaculação femininasexo selvagemtabus sexuaiscenas de amorbeijo gregoposições sexuais50 tons de cinza