Dançarina de Strip Chic ensina como arrasar no striptease

Sex, 23/09/2011 - 11h41

Streep Chic

Ver a parceira realizar um striptease aparece nas primeiras posições quando o assunto é fantasia masculina. Mas, para a ala feminina, isso não é algo tão simples.

Publicidade

Mas saiba que é possível perder a timidez. Já pensou em ter aulas com uma dançarina profissional?

Cheesecake é dançarina com ampla experiência em dança do ventre e balé clássico. Desde 2010 ela vem se apresentando, em São Paulo, com o espetáculo Strip Chic. Sua marca registrada é a dança de cabaré francês, estilo do final do século XIX, recheado de sensualidade. Devido à solicitação das espectadoras, Cheesecake preparou um curso de striptease, para compartilhar com as alunas seus segredos de sucesso ao tirar a roupa.

As aulas tiveram início no dia 13 de setembro de 2011. O local escolhido foi a escola de dança "A Su Salud", no Jardim Paulista, em São Paulo. Com noventa minutos de duração, as aulas acontecem duas vezes por semana. O curso tem duração de dois meses. "Ele é recomendado para qualquer pessoa que tenha interesse em fazer striptease", diz a professora.

"Quem quer fazer a dança deve saber, em primeiro lugar, que a sensualidade está na atitude e no olhar. Minha intenção é colocar a mulher em contato com o próprio corpo, ele a técnica são só complemento. O que eu vou ensinar é apenas o meu conhecimento de palco", revela Cheesecake. "Quero mostrar que estar acima do peso, ter celulites e tal não interessa para o homem na conta final", completa.

Cheesecake tem dicas para quem quer fazer uma surpresa para o companheiro: "Elabore um look com muitas peças, para poder tirar bem devagar. Evite blazer, não são sensuais para os homens, você pode abusar de vestidos e saias". A professora fala ainda da importância de escolher uma boa meia 7/8 e cinta-liga. "Eu gosto de tirar a meia e voltar a calçar os sapatos, fico com eles até o fim", comenta a dançarina.

"Se você não tiver muita experiência é bom que ensaie bastante. Escolha a roupa com cuidado, elas são peças-chave da apresentação", aponta a professora. "O mais importante: nunca, nunca improvise", completa. A improvisação pode não dar certo e, na melhor das hipóteses, gerar muita risada por parte do gato. "A mulher tende a escolher uma lingerie ‘fofa’, mas eles gostam mesmo é das ousadas. Homem curte uma ‘periguete’ (risos)", alerta Cheesecake.

A expert lembra uns segredinhos para um bom striptease: "Comece sempre tirando as peças pelo tronco, vá descendo para as pernas. É legal sempre tirar o sutiã de costas para o rapaz, brinque de mostrar e esconder os seios".


"A música também é muito importante. Escolha uma que tenha uma cadência mais lenta, assim você tem tempo para pensar no próximo passo", sugere a dançarina. "Eu gosto de jazz ou uma balada de rock, mais lentinha", completa.

Cheesecake garante que elaborou o curso com a intenção de passar lições que as mulheres possam levar para o resto da vida e, principalmente, que elas possam aplicar no dia a dia. "Quero mostrá-las como ser mais femininas, andar de salto alto e manter uma boa postura", conclui a professora.

Por Bianca de Souza (MBPress)

1 comentário no Vilaclub

Comente!
Sáb, 24/09/2011 - 09h43 - reportar abuso

adorei faz tempo que não faço vou fazer hoje rsrsrs

responder ao comentário

Especiais Vila Mulher

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

casamento clitóris fantasia sexual filmes pornô kama sutra orgasmo posições sexuais sexo sexo anal sexo na cama sexo oral traição
X
Os evangélicos gostam de sexo?
Os evangélicos gostam de sexo? Veja aqui por vilamulher