Especial de Páscoa

Cadeira sutra - sexo em cadeira de rodas

Sex, 09/03/2012 - 05h02

Cadeira sutra sexo em cadeira de rodas

Foto: Renato Rocha Miranda/Divulgação TV Globo


Quem vê uma pessoa na cadeira de rodas pode até achar que a vida sexual dela é pouco ativa e limitada. Mas você pode estar muito enganado, viu? O portador de deficiência física já redescobriu, há muito tempo, como manter uma relação bem quente.

Publicidade

Recentemente, o mexicano Arturo Valdez escreveu o livro: "Silla Sutra - Sexualidade Activa", que ensina uma variedade de posições inspiradas no Kama Sutra para serem reproduzidas e praticadas pelo cadeirante.

Fabiano Puhlmann é psicólogo, psicoterapeuta e especialista em sexualidade humana. Ele se tornou paraplégico aos 18 anos, depois de mergulhar em uma piscina e quebrar o pescoço. Para o especialista, o deficiente físico precisa reencontrar a intimidade com o próprio corpo e com o corpo do parceiro.

"A proposta da cadeira de rodas como mediadora de posições sexuais ousadas (cadeira sutra) é adotada pela grande maioria dos deficientes. Todo cadeirante, mesmo aqueles que ficaram deficientes físicos a pouco tempo, acabam incorporando a cadeira de rodas como uma extensão de seu corpo", comentou Puhlman.

Para o psicólogo, em um mundo inclusivo com acessibilidade, comunicação e atitudes favoráveis, as pessoas com deficiência se expressam plenamente nos relacionamentos afetivos, sendo paixão ou amor, com outros deficientes ou não. "Pessoas com deficiência aprenderam a lidar com os preconceitos e sabem como reverter o olhar negativista da sociedade", disse ele.

"O envolvimento afetivo é sinônimo de maturidade afetiva. Consegue se envolver quem não tem medo de sofrer, quem não quer fazer ninguém sofrer. Homens e mulheres maduros afetivamente cuidam dos relacionamentos, têm empatia com o parceiro e expressam os sentimentos de modo claro e assertivo. É a capacidade do ser humano de se abrir para desfrutar a atividade sexual com total desprendimento, sem temores, vergonha, culpa ou preconceitos", ressaltou.

Puhlmann é autor do livro "A Revolução Sexual sobre Rodas" e nele o psicólogo conta histórias verdadeiras de seus clientes, para compartilhar e estimular o deficiente a encarar sua situação sem receio. Além disso, o escritor abre o leque para falar da sexualidade do portador de deficiência física, unindo os conceitos da moderna terapia sexual com as histórias verídicas, e através dos contos mitológicos gregos vai dando recados e dicas para melhorar a vivência erótica.


Ao contar suas próprias experiências, o psicoterapeuta afirma que é possível inovar nas posições para apimentar ainda mais a relação, desde que estejam na fantasia do casal, mesmo algumas sendo bem difíceis de executar. E acrescentou: "A fantasia é a mola propulsora da realização sexual e todos nós temos. Aqueles que acham que não as tem estão reprimindo-as. As fantasias sexuais são inevitáveis, e saudáveis, tendo grande importância na vida ativa do casal, pois alimentam uma parte do desejo e das motivações sexuais."

Por Stefane Braga (MBPress)

3 comentários no Vilaclub

Comente!
valdirene valdirene
Seg, 28/05/2012 - 00h24 - reportar abuso

queria ve fotos de sexo com cadeirante

responder ao comentário
valdirene valdirene
Seg, 28/05/2012 - 00h19 - reportar abuso

gostaria muito de ve fotos de sexo com cadeirante to apaixonada por um mas ainda nao fizemos nada confesso to um pouco ansiosa com medo mas quero muito ta com ele e nao vou desistir

responder ao comentário
Paula Paula
Dom, 11/03/2012 - 13h53 - reportar abuso

Poxa que legal e inovador gostei dess idéia

responder ao comentário

Especiais Vila Mulher

Especial de Páscoa

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

artesanato bolo de cenoura bolo de chocolate cabelos curtos cortes de cabelo emagrecer enfeites de natal lembrancinhas chá de bebê lembrancinhas de natal maquiagem moda verão 2014 orgasmo pensão alimentícia penteados penteados para madrinhas posições de sexo posições sexuais sexo anal sexo oral unhas decoradas vestidos