Especiais > Espelho da Beleza |

As delícias do sexo oral

ter, 18/05/2010 - 11h43

As delícias do sexo oral

Muitos casais já descobriram os prazeres do sexo que começa na boca. Melhor ainda se ele é praticado já nas preliminares, uma boa première antes da penetração, não?

Sexo oral não é apenas deixar em contato boca e língua com os órgãos genitais, o termo vale para qualquer estimulação sexual dos lábios nas mais variadas partes do corpo. Na opinião de Alberto Lozéa Feijó Soares, 34 anos, organizador do blog Sexy Help Desk, muitos homens tem prazer em praticá-lo. "Ele bem feito é a porta de entrada para orgasmos múltiplos. Quando as mulheres chegam lá no oral, de preferência várias vezes se o homem for atencioso, ela estará no ponto de bala para gozar com a penetração. Para que isso aconteça, o sexo oral deve ter ritmo, frequente e contínuo no clitóris", sugere. Conforme a intimidade do casal, o sexo oral ainda ganha algumas variações, entre elas a penetração com os dedos, uma forma de estimular o ponto G.

Segundo Fernanda Pauliv, consultora e instrutora de artes sensuais da Joanah Pink Centro Integrado da Mulher, uma das vantagens do sexo oral é a grande estimulação no clitóris. Vale lembrar que essa região tem oito mil nervos que interagem com outros 15 mil que irrigam a pelve. Na prática, a estimulação no local é uma boa forma de atingir o orgasmo. "Mesmo assim, para chegar lá outros fatores contribuem, entre eles, nível de envolvimento e intimidade entre o casal, algumas posições sexuais que favorecem a estimulação do ponto G, por exemplo, ‘de quatro’, e ainda a estimulação de mais de uma zona erógena ao mesmo tempo: seios, clitóris e boca", ressalta.

Uma das posições campeãs para o sexo oral é o famoso 69, quando ela se senta sobre o rosto do homem e permanece com as pernas levemente separadas. Colocar o travesseiro atrás da cabeça e do bumbum ajuda bastante. Outra forma de a mulher ser estimulada, segundo a consultora, é quando ela fica em pé com a perna apoiada no ombro do parceiro e ele ajoelhado. Enquanto ela está deitada na beirada da cama, ele também pode ficar ajoelhado e de frente para a região vaginal.

Alberto geralmente gosta de deixar a sua parceira relaxada e deitada, e proporcionar o máximo de prazer a ela. "O sexo oral deve ser egoísta. Primeiro você deve fazer nela sem se preocupar em receber. Depois, se o casal quiser, eles podem trocar os papéis", diz.

Elas também sabem como deixá-los louquinhos na hora H. Uma forma de estimular o seu parceiro é ficar ajoelhada enquanto ele está de pé e começar as carícias. "O homem também pode ficar deitado e ela ajoelhada sobre ele, com uma perna de cada lado do corpo dele", indica Pauliv.

Para aquelas que não estão acostumadas com a prática, uma forma de começá-la é através de pequenos estímulos na região da glande, "na cabecinha do pênis", segundo a consultora. Basta lamber, sugar, beijar e com o passar do tempo até dar leves mordidinhas. Outra forma de levá-lo ao prazer máximo é massagear todo o pênis com a mão enquanto a glade é estimulada com a boca.

A brincadeira fica ainda mais agradável com os cosméticos eróticos. Géis que esquentam e esfriam podem ser uma boa pedida. "Alternar a sensação térmica na pele traz novas sensações ao sexo oral. Outra dica é utilizar um vibrador que, durante o sexo oral, pode ser colocado na base do pênis. Isso vai proporcionar no homem uma maravilhosa e diferente sensação".

Para Alberto, o melhor brinquedo é a língua "mas uma ótima variante é usar um bom vibrador para auxiliar. O homem pode usar o vibrador no clitóris ou no ponto G junto com o sexo oral tradicional com a língua".

A maioria dos homens adora ejacular na boca das mulheres, mas muitas não aceitam logo de cara a nova "empreitada" sexual. Fatima Mourah, personal sexy trainer e colunista do Vila Dois, indica sempre o velho e bom acordo antes da prática, mesmo porque há em risco a saúde sexual de ambos. Ainda a melhor proteção é através da camisinha.

É importante salientar que mulheres e homens que praticam o sexo oral devem manter os cuidados com a higiene das partes íntimas, além disso manter as suas consultas de rotina e exames com médicos especializados. Através da prática há três formas de transmissão de doenças: por contato (HPV e herpes), secreções (gonorréia) ou sanguínea (HIV, hepatite B, hepatite C e sífilis).


Por Juliana Lopes

Assuntos relacionados: sexo orgasmo clitóris sexo oral

19 comentários no Vilaclub

Comente!
Henrique
seg, 16/12/2013 - 13h51 - reportar abuso

Por que a moça tá com um tomate na boca?

responder ao comentário
Rodrigo de Oliveira
ter, 24/09/2013 - 14h48 - reportar abuso

O sexo oral quando é feito por prazer, dá uma sensação de intimidade e prazer ao casal. Principalmente quando durante e depois de fazer e receber sexo oral, rolam muitos beijos. Sexo oral, sem beijos, não tem a mesma emoção !!!!

responder ao comentário
paula
sex, 02/03/2012 - 13h35 - reportar abuso

O sexo oral é muito importante na relação a dois. Para além de fortalecer a relação desperta sensações indescritíveis. O acto de lamber e chupar excita. Fazer sexo oral dá um prazer infinito e receber também. É muito bom sentir os movimentos ritmados e atrevidos da língua a procurar e estimular o clitóris e a vulva. Aconselho vivamente a que o façam com o máximo requinte e demonstrem prazer ao faze-lo.

responder ao comentário
marisa righetti
dom, 11/12/2011 - 18h22 - reportar abuso

super interessante essa reportagem,as pessoas tem mesmo q estar bem informadas sobre td q se relaciona a sexo,parabens .

responder ao comentário
evandro jose do nascimento
ter, 13/09/2011 - 00h10 - reportar abuso

De que me adianta dominar a técnica se me falta uma parceira adequada. Óh! vida cruel.

responder ao comentário

Especiais VilaMulher

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas