Anticoncepcional x saúde da pele e dos cabelos

qua, 14/04/2010 - 05h14

Anticoncepcional x saúde da pele e dos cabelos

A pílula anticoncepcional é um dos métodos contraceptivos mais populares entre as mulheres. No entanto, há muitas dúvidas sobre à interferência dessas doses de hormônios na beleza da pele e cabelos.

Segundo o dermatologista Ademir Jr., de São Paulo, a combinação de alguns hormônios nos comprimidos pode ajudar no controle da oleosidade, da acne, no excesso de pelos no corpo e na queda de cabelos, além de, é claro, prevenir a gravidez indesejada.

"Atualmente, a tendência é a de usar produtos que melhorem os cabelos e reduzam os pelos do corpo. No caso dos que estimulam os cabelos do couro cabeludo, um dos objetivos é ajudar no tratamento de queda", conta o médico. "Resultados positivos frente a estes problemas começam a aparecer após algum tempo de uso do remédio", garante.

Como qualquer outro medicamento, os anticoncepcionais também possuem alguns efeitos colaterais. "Varizes, inchaço, aumento do peso, risco de embolia e acne. Queda de cabelo e hirsutismo (aumento dos pelos). Todos eles dependem da combinação dos hormônios da pílula prescrita pelo médico", afirma Ademir, também presidente do Grupo de Apoio a Portadoras de Síndrome dos Ovários Policísticos.

Claro que cada corpo vai responder de uma forma diferente. Portanto, a melhor escolha é sempre a visita a um especialista, que receitará o anticoncepcional mais adequado a você. "Para iniciar qualquer tipo de tratamento para os problemas citados, é fundamental procurar um ginecologista, um endocrinologista ou um dermatologista que se certificará de que o problema poderá ser corrigido com sucesso pelos anticonceptivos. Mais do que isto, será o médico que elegerá a melhor combinação de hormônios", alerta o dermatologista.


Ademir ressalta ainda que, em alguns casos, somente o uso de contraceptivos para melhorar a saúde da pele e dos cabelos, não é suficiente. "Às vezes há necessidade de tratamentos complementares aos anticonceptivos, em casos de queda capilar, podendo não ser as pílulas totalmente competentes para a melhora do quadro", adverte.

Por Tissiane Vicentin (MBPress)

8 comentários no Vilaclub

Comente!
josiane
seg, 02/07/2012 - 13h29 - reportar abuso

Estou tomando mesygina injetavel há dois meses e meu cabelo está caindo muito não sei mais o que fazer, por favor me ajude.

responder ao comentário
Isabel Donisete Ribeiro Ribeiro
ter, 12/04/2011 - 19h18 - reportar abuso

gostaria de saber e tem algum anticoncepcional injetavel q nai de espinhas, poi minha pele esta tda manchada depois q comece a usr a generica da perlutan

responder ao comentário
nathalia
seg, 06/12/2010 - 10h09 - reportar abuso

Parei de tomar anticoncepcional faz 10 meses e ápos essa data comecei a ter muita queda de cabelo, espinhas e pele e cabelo oleosos,porque?

responder ao comentário
Leandra Silva
seg, 08/11/2010 - 22h35 - reportar abuso

Tomo anticoncepcional (femina) há 4 anos, cerca de 2 anos para cá tem surgido manchas`marrom na pele. Já consultei dermatologistas e não associam à ingestão do medicamento. Tal medicamento poderia produzir essas manchas na pele? Obrigado

responder ao comentário
Nathália Borba
quin, 01/07/2010 - 13h07 - reportar abuso

eu tomava anti concepcional regularmente, e com esse medicamento que uso a um ano mais ou menos, nunca engordei. Minha dúvida, é que como terminei um relacionamento a pouco tempo, parei de usar, e estou novamente com muitas espinhas (acne) na pele do rosto... não sei se é porque tô no jejum sexual ou por causa do anti concepcional... rsrs! será que alguém pode me dizer? Também não quero tomar sempre pq futuramente quero ter facilidade de engravidar...

responder ao comentário

Especiais VilaMulher

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

50 tons de cinzabeyoncé 50 tons de cinzabolo de cenourabolo de chocolatecabelos curtoscortes de cabeloescova progressivamaquiagemtrançasunhas decoradas