Depilação na virilha - dicas e cuidados

ter, 12/10/2010 - 10h21

Depilação na virilha  dicas e cuidados

Depilar a região da virilha é um mal necessário, pelo menos para a estética do local. Quem costuma deixar a região lisinha, sem nada, deve tomar cuidado, porque os pelos funcionam como uma barreira para entrada de impurezas na vagina, o que futuramente pode ajudar no surgimento de uma infecção.

Além disso, uma pele totalmente sem pelos também tem como conseqüência inflamações no curto prazo, como a foliculite. Entretanto, quando há pelos em excesso, resíduos se acumulam, assim a higiene não é completa, o que ajuda na profileração de microorganismos.

Para muitas mulheres, a cera é a melhor opção para a retirada dos pelos, pois com o passar do tempo eles ficam mais fracos. "Com a cera quente, os pelos enfraquecem e se tornam mais finos. É indicada para áreas pequenas como buço, virilha a axila, pois o comprimento dos pelos não necessitam estar muito longos para a realização da depilação", explica a dermatologista Sara Bragança, membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética.

Para quem não tem paciência de deixar os pelos crescerem, já foi criada uma cera na Austrália que consegue extrair o pelo com apenas 1 mm de comprimento. "Seu segredo está na aderência". A cera em questão é a Lycon. Segundo Elaine Gonçalves Santana, sócia-gerente do SPA Lydia Jordane, o produto é indicado também para quem costuma ficar com os pelos encravados.

Elaine esclarece que outras ceras agridem a pele no momento da extração do pelo, o que contribui para encravá-los. "Isso associado à ausência de hidratação, uso de roupas justas, entre outros motivos, também ajudam no aparecimento da foliculite. Como protegemos a pele, além de hidratá-la no final, pois a aplicação é também um tratamento, as chances de encravar são menores", destaca.

Ao contrário do que se imagina, a cera quente não deixa a região mais flácida, porque não tem relação com a produção do colágeno, responsável pela firmeza da pele. Entretanto é preciso observar alguns cuidados quando se vai ao salão ou centros de depilação. Segundo a dermatologista, a cera nunca deve ser reutilizada, pois há o risco de contrair diversas infecções bacterianas e fúngicas através de ceras contaminadas. Em muitos casos, a cera também resseca, aumentando assim os ricos de alergia e infecções.

No caso da cera fria, a vantagem está justamente em ser um produto descartável. "É indicada para qualquer parte do corpo, porém como sua aderência aos pelos é menor, eles devem estar longos no dia da depilação", aponta Bragança.

Após o constante uso da cera, o que muitas vezes acontece é o escurecimento do local. A dermatologista esclarece que a cera é uma das responsáveis. "Manchas escuras surgem pela agressão constante que esses métodos causam a epiderme. E no caso da cera quente ainda temos outro fator agravante. A temperatura da cera causa uma vasodilação da pele, propiciando também uma pigmentação da área", completa.

Para quem não tem condições de recorrer à depilação definitiva, método considerado ideal para prevenir pelos encravados e pele escurecida, Sara indica o uso da lâmina ou tentar fazer uma boa esfoliação à base de semente de apricó ou damasco.

Após a depilação, a dermatologsita indica apenas um gel, mas nunca óleo para não provocar o entupimento dos poros. "Calmantes à base de alatopina, alantoína, bisabolol ou aloe vera também ajudam na recuperação da pele", acrescenta.


Muitas mulheres deixam de usar a cera quando estão na TPM ou durante a menstruação, porque geralmente é quando estamos mais sensíveis e sentimos mais dores na retirada dos pelos. Isso acontece por conta da liberação de uma substância inflamatória chamada de prostaglandina. Em mulheres que costumam reter líquidos nesse período, o inchaço comprime as terminações nervosas, aumentando a sensibilidade à dor.

Por Juliana Lopes

1 comentários no Vilaclub

Comente!
Fernando Mullen
qua, 13/04/2011 - 10h11 - reportar abuso

ODEIO COM TODAS MINHAS FORÇAS!!! Não gosto de "menininha", gosto de mulher!!! E HOMEM QUE É HOMEM NÃO TEM ESSAS FRESCURINHAS METROSSEXUAIS!!! Deixo essa idéia subliminar de lisinha para os pedófilos. Sexo tem que ter pêlos! Nem que sejam pouquinhos. Sem nada parece pele de frango, SUPER SEM GRAÇA, nojento, igual sorvete sem a cereja por cima. O contraste da cor dos pêlos pretinhos com a pele branquinha ou morena é super excitante, no sexo oral é delicioso sentir os pelinhos fazendo cosquinhas no nariz. Anti-higiênico é não ter pêlos, pois eles EXISTEM PARA PROTEGER. Experimente não usar sabonete COM ou SEM pêlos. Dá na mesma. É discurso de débil mental. Pelinhos dão um ar de mistério, de algo a ser explorado, de mulher feita esperando o ato, de sexo adulto, de charme, de sofisticação. Uma gata adulta em pé na sua frente com pelinhos é a coisa MAIS EXCITANTE DO MUNDO!!! Tenho 29 anos!!! Beijão às mulheres inteligentes que somente aparam!!! Não sejam escravas desses metrossexuais "meio-homens"!!!

responder ao comentário

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

gravidezsexohidratação cabelosorgasmo femininoescova progressivapenteadosesmaltesansiedadecortes de cabelodicas de maquiagembolo de cenourahidratação pelebepantoldieta dukan