Benefícios e usos da camomila

Benefícios e usos da camomila

Desde tempos antigos, os gregos já utilizavam a camomila como calmante e no combate a desordens intestinais. A medicina evoluiu e, depois de tanto tempo, a planta continua sendo boa alternativa natural para tratar alguns males, além de estar presente em tratamentos estéticos.

Sabe aquela vez que você estava nervosa e sua avó sugeriu que você tomasse um chazinho de camomila? Pois bem, isso tem fundamento! "Vários estudos apontam a camomila como tendo propriedades terapêuticas para cólicas e espasmos, melhora do sistema imunológico e calmante", afirma Edmar Santos, mestre em Medicina Interna e Terapêutica pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Sâmia Maluf é psicóloga e tem formação em Aromaterapia e em Aromacologia. De acordo com ela, é possível utilizar a camomila (por meio do óleo essencial ou do chá) para várias finalidades: tratar cólicas e indigestão, aliviar dores de cabeça e asma (através de inalação), entre outras coisas. Em sua empresa, a "By Sâmia Aromaterapia", a especialista usa a planta em alguns tratamentos.

Mas os "poderes" da camomila não param por aí. De acordo com o médico, a erva tem propriedades antibacterianas, ou seja, ajuda o sistema imunológico - responsável pelas defesas do nosso corpo. "Notam-se também níveis urinários elevados de glicina, o que explicaria a melhora dos espasmos musculares e seu uso popular nas cólicas menstruais, além do efeito relaxante, sendo um sedativo suave".

Pele e cabelos

Ao contrário do que algumas pessoas acreditam, a crença popular de que a camomila realça o tom dourado dos cabelos não é mito. "O chá pode ser usado para clarear os cabelos das crianças. Basta aplicar o líquido nas madeixas e expor o pequeno ao sol por uns 10 minutos. Isso deixa o cabelo mais amendoado", diz Sâmia.

No entanto, a receita só funciona mesmo para cabelos em tons mais claros, como louros, castanhos claros e médios. "Além disso, o clareamento não fica homogêneo", fala a dermatologista Meire Parada, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Tanto ela quando Sâmia ressaltam que a camomila é conhecida por seu efeito calmante sobre a pele, que ajuda a diminuir inchaços, edemas, inflamações e queimaduras. "Para a pele, é bom usar o chá dessa erva, de preferência resfriado. Assim, haverá troca de calor, pois a pele estará quente e o líquido, frio. O resfriamento do local afetado favorece a diminuição da inflamação, inchaço, etc.", explica Meire.

Esse simples chá serve até para dar aquela camuflada nas olheiras antes de uma festa. Isso porque a formação da olheira se deve a dois fatores: o de pigmentação e o sanguíneo, já que os vasos ficam mais dilatados. "Então, quando uma compressa de chá de camomila frio é aplicada no local, contrai os vasos e, por consequência, diminui o inchaço", afirma a dermatologista.

Mas o efeito não dura muito tempo, é apenas para casos de emergência.


Apesar de a camomila estar presente em óleos e cremes, é aconselhável que o chá seja utilizado nas receitas caseiras. "Como não existem tantos estudos das formas de óleos e cremes, o chá deve preferencialmente ser usado", diz o médico. "Sempre lembrando que tais tratamentos devem ser feitos com orientação médica", finaliza.

Por Priscilla Nery (MBPress)

Comentários

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

Últimas

Top Temas

hidratação cabelosceluliteemagrecercosméticospiercingperder pesopenteadosesmaltesperfumelimpeza de peledepilaçãocortes de cabelodelineadorbatomdicas de maquiagemliftingblushpeelingmega hairtrançashidratação pelemaquiagem noitemaquiagem olhossobrancelhabepantolbb creamunhas decoradas passo a passo