Jump: saltos que combatem a celulite

Sex, 17/12/2010 - 05h13

Jump saltos que combatem a celulite

Todo mundo sabe que praticar exercícios físicos faz bem para a saúde. Mas o bom mesmo é saber qual o melhor tipo de exercício é o mais indicado, de acordo com nosso objetivo. Na musculação, é mais fácil perceber isso: quando se quer fortalecer determinada parte do corpo, é só focar os treinos em atividades que movimentem essa região.

Agora, em outras modalidades, a coisa não é tão simples de ser percebida.

Publicidade

Assim, existem exercícios interessantes e não tão conhecidos, como o "jump". "Ele é definido como aula com características aeróbias, realizada com pequenos saltos, corrida estacionária e movimentos coreografados sobre uma mini cama elástica individual, mais conhecida como mini - trampolim", explica Amauri Garcia Mascarenhas, professor de jump da Academia Fórmula, em São Paulo.

Essa atividade é super recomendada para quem quer melhorar a resistência cardiovascular e trabalhar os membros inferiores - pernas, coxas, panturrilhas e glúteos. Além disso, existem vários outros pontos positivos. "Os benefícios são: diminuição do porcentual de gordura corporal, prevenção da osteoporose, diminuição da pressão arterial, grande fortalecimento de pernas e glúteos, ajuda no combate contra a celulite, melhora a circulação sanguínea, ajuda a combater o stress, ajuda a coordenação motora e melhora a e resistência aeróbia", diz o professor.

Fora que tantos pulinhos seguidos exigem bastante do nosso corpo, e, por consequência, ajudam a queimar aquelas calorias a mais. Inclusive, o jump tem o mesmo efeito das famosas drenagens linfáticas - muito populares no combate à celulite. Porém, tudo depende do condicionamento físico e da intensidade realizada por quem pratica o exercício.

A quantidade e a frequência das aulas deve ser sugerida por um professor ou educador físico capacitado, depois de uma avaliação física. Quando existe essa orientação, "a partir da quarta aula, já são notados benefícios/melhorias no sistema linfático, por exemplo, menor retenção hídrica e eliminação de toxinas", afirma Amauri.

Como nem tudo são flores, algumas pessoas não podem realizar o jump, pois isso colocaria sua saúde em risco: gestantes, quem possui instabilidades articulares de joelho e tornozelos ou tem labirintite não medicada.

Se você não se encontra nesses grupos, aproveite para conhecer o jump. Ele pode ser uma opção divertida de atividade, deixar você em melhores condições físicas e, quem sabe, livre da temida celulite.

Por Priscilla Nery (MBPress)

3 comentários no Vilaclub

Comente!
Gisele Gisele
Qua, 07/12/2011 - 11h35 - reportar abuso

Eu ja pratico Jump a dois anos
eu Adoro alem de ter melhorado minha forma
ainda a aula e muito divertida Recomendoo .

responder ao comentário
Bárbara Bárbara
Dom, 29/05/2011 - 20h59 - reportar abuso

Jump é tudo de bom .. !

responder ao comentário
Sex, 07/01/2011 - 14h40 - reportar abuso

Estou praticando o jump a 2 meses e meio e os resultados estão me surpreendendo. Emagreci 3 kg, melhorei consideravelmente a aparência das minhas pernas em relação à celulite, sem contar no fôlego e resistência que estou ganhando. Recomendadíssimo!!!!!!!!!!!

responder ao comentário

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

50 tons de cinza beyoncé 50 tons de cinza cortes de cabelo emagrecer posições sexuais
X
Alongamentos para fazer no inverno
Alongamentos para fazer no inverno Veja aqui por vilamulher