Isabel Mueller
Com a palavra:

Isabel Mueller

O Astral do Novo Ano

Seg, 17/01/2011 - 05h02

O Astral do Novo Ano

O ano de 2011 será um ano interessante para operacionalizarmos o que percebemos em 2010 ser necessário transformar. Sentiremos força interior para dar início a uma nova etapa de vida, mais de acordo com nossa essência.

Mas, embora tenhamos mais sede de independência e autonomia, devemos ser muito responsáveis, disciplinados e conscientes da necessidade de harmonizar individualidade e relacionamentos.

Publicidade


O ano inicia sob a conjunção de Júpiter e Urano no signo de Peixes, símbolo de poderosas inovações e intuições, onde as atitudes escapistas, de mártir e de vítima e as ilusões devem ser superadas.

Para iniciarmos a nova vida que 2011 estimula, temos que concluir assuntos do passado, pois assim estaremos libertos e prontos para as grandes inovações do ano. Temos ao longo de 2011 dois momentos muito significativos. Em abril, quando ocorre um stellium (encontro de vários planetas) no signo de Áries, indicando um momento importante de inícios e iniciativas, que poderá marcar não somente 2011, mas ser a semente dos próximos anos em nossa vida.

É o período de 2011 em que mais nos sentiremos fortes para iniciar um novo ciclo e em que estaremos sintonizados com nossas motivações particulares, individuais. Pessoas que tem receio de mudanças perceberão em 2011, sobretudo em abril, que se sentem mais encorajadas a iniciar, a mudar, a viver mais de acordo com sua singularidade.

Mas há algo muito importante a ser considerado: em setembro ocorre outro stellium, porém no signo de Libra, indicando então o auge deste ciclo iniciado em abril. Entretanto, Libra é o signo dos relacionamentos, da consideração aos outros, da importância das parcerias, acordos e conciliação. Neste momento devemos nos voltar para o que podemos realizar junto com as pessoas, ao contrário de abril, que é um período mais individualizado.

Áries e Libra são chamados "signos cardinais", que iniciam estações do ano e que contém a força de ação. Portanto, são meses em que devemos ter atitude e não ficarmos esperando as coisas acontecerem. Temos também em 2011, de janeiro a junho, a presença do planeta Júpiter no signo de Áries, intensificando esta tendência do primeiro semestre de sermos mais assertivos e alinhados com a própria vontade e individualidade.

Júpiter representa bênçãos, oportunidades, crescimento, ampliação de horizontes, percepção do sentido e significado dos acontecimentos. Este planeta é uma espécie de precursor do futuro, mostrando como é importante viver de acordo com a própria cabeça (que é regida por Áries), mas evitando os exageros e negligências também assinalados pelo maior planeta do sistema solar.
Júpiter em Áries estimula os empreendedores, as pessoas que tem negócios próprios e atividades autônomas. Representa a confiança num novo caminho e na força das próprias ações. É símbolo da jornada heróica em busca de um propósito e contando com a própria ação e motivação. Mas, como no Universo há uma constante dança de equilíbrio, temos também Júpiter oposto à Saturno, atuando em março e abril.

Então, não podemos esquecer que a vontade individual, os desejos e ações próprias devem se equilibrar com as responsabilidades e demandas dos relacionamentos, simbolizadas pela passagem de Saturno, o grande mestre astrológico, no signo de Libra, que rege as relações. É um sinal cósmico do que presenciaremos também em setembro, quando ocorre o encontro de vários planetas no signo da balança e que reitera a importância dos relacionamentos.

2011 é, portanto, esta dança interessante e desafiadora entre o " Eu" e o "Você", a fim de que seja criado um outro "Nós". Sem perda da identidade individual, mas sem o egoísmo que impede as relações de se desenvolverem de forma madura.

Que belo desafio, não somente a arianos e librianos, pois todos temos estes signos em algum ponto de nosso Mapa Astral. O grande ensinamento dos relacionamentos é simbolizado pela presença de Saturno em Libra ao longo de todo o ano. Relações mais éticas, equilibradas e harmoniosas constituem o desafio de amadurecimento emocional, das responsabilidades envolvidas nas relações, parcerias, associações, acordos e contratos.

Os relacionamentos que não tenham base e estrutura firme (e que não seja ancorada unicamente em questões materiais, em inseguranças, carências, dependência ou medo de ficar sozinho) terão que ser reestruturados, pois Saturno não é para amadores...

Urano, o planeta que simboliza as mudanças, as inovações, surpresas, o inusitado passa a atuar em definitivo no signo de Áries, a partir de março, reafirmando a energia pioneira, assertiva, de iniciativa e de mudanças que o ano estimula em nós. Sentiremos a necessidade urgente de mudar, inovar, buscar caminhos mais ousados e originais. Este posicionamento é também símbolo de inovações tecnológicas, científicas. Um espírito de renovação e de surpresas marca 2011.

Os primeiros meses de 2011 contem esta energia de iniciativa e inovação. Mas com o ingresso do planeta Júpiter em Touro, a partir de junho estaremos mais focados nas questões práticas, na necessidade de concretizar, com segurança e estabilidade essas sementes que iniciamos nos primeiros meses. Júpiter em Touro indica que para crescer, ampliar horizontes e evoluir é preciso ter os pés no chão, cuidar dos recursos pessoais e planetários, desenvolver os talentos, dons, potenciais, evitando excesso de gastos.

Favorece o crescimento que respeite o tempo/ritmo certo de cada ação, sem pular etapas. Esta posição de Júpiter é mais conservadora e desejosa de estabilidade e continuidade do que Júpiter em Áries, que almeja entusiasticamente novos horizontes e caminhos.

A prosperidade é uma energia ativada em 2011, especialmente no segundo semestre. É merecimento a quem é grato e criativo em seus talentos. Mas devemos estar atentos à tendência ao esbanjamento de recursos e à confiança excessiva no aspecto material, sem a prudência e a estrutura necessárias. Pode haver uma tendência inflacionária no segundo semestre, devido a uma superestimação do valor real das coisas e ao endividamento por excesso de confiança: estejamos atentos!

Arianos e taurinos (ou quem tem ascendente nestes signos) certamente se sentirão mais confiantes em 2011, mas confiança não significa negligenciar a base e alicerces necessários para transformar em realidade aquilo que almejam.

A impaciência, o imediatismo e a falta de estrutura adequada para o crescimento que almejamos pode comprometer o potencial positivo do ano. 2011 é também o ano em que haverá a mudança de posicionamento do Nodo Norte, que passará a atuar em Sagitário, simbolizando a importância de enxergarmos o sentido maior dos acontecimentos, a compreensão da vida, a sabedoria, os conhecimentos, viagens e horizontes mentais, culturais, filosóficos e espirituais.

Em 2011 temos a regência de Mercúrio, que começa a atuar depois de 20 de março, com o início do novo ano astrológico. Mercúrio é o planeta que simboliza a comunicação, a inteligência, os aprendizados, a força da mente e dos contatos. Indício de um ano que estimula as atividades e os meios de comunicação, a fala, a escrita, a movimentação.

O planeta Netuno faz o seu primeiro ingresso em Peixes em 2011 e esta é uma posição astrológica muito interessante, representando novas energias criativas, artísticas, espirituais. É Netuno voltando para o seu domicílio cósmico: o oceano, que simboliza as vibrações, energias e emoções que comungamos com todos os seres.

Esta passagem de Netuno por Peixes, que ocorrerá de abril a agosto, estimulará os artistas, os criadores, o cinema, a música e todas as artes e ofícios que se utilizam da imaginação e da imagem, da sensibilidade, da criatividade, da inspiração e do "faz de conta".

Uma forte energia de afeto incondicional, de empatia, fé, espiritualidade e de identificação com grupos excluídos e marginalizados da sociedade. Mas, também pode se acentuar a tendência às ilusões, ao escapismo, aos vícios e aos problemas sociais.

Temos também ao longo do ano uma série de eclipses, que simbolizam a necessidade de deixarmos para trás velhos comportamentos e padrões, conhecendo nossas responsabilidades e limites, mas não nos deixando aprisionar pelo que já não mais tem sentido em nossa vida.

Plutão continua transitando o signo de Capricórnio, indicando que desde 2008 estamos presenciando a queda do que está obsoleto, estagnado, em termos individuais e coletivos. Reestruturação do poder, da economia, das grandes corporações.

Energia que também simboliza a importância de um sentido de missão vocacional, profissional, de desenvolvermos a carreira de forma apaixonada, contribuindo também para a transformação social e planetária.

Ao longo dos próximos anos teremos a quadratura (aspecto astrológico desafiador) entre Urano e Plutão, indicando grandes transformações sociais, coletivas, planetárias, individuais, com o propósito de acessarmos o verdadeiro poder interior e o que viemos, de fato, fazer aqui no planeta Terra.

Isabel Mueller é astróloga, escritora e poeta. Trabalha com Astrologia desde 1992, dá cursos e palestras e atende a consultas de Mapa Astral, Trânsitos, Revolução Solar e Sinastria. É formada em Psicologia, integrante do Nears (Núcleo de Estudos Astrológicos do Rio Grande do Sul), do Conselho Deliberativo da CNA (Central Nacional de Astrologia). Autora dos livros de poesias "Céu da Boca" e "Alumbramento".

1 comentário no Vilaclub

Comente!
Sáb, 29/01/2011 - 12h30 - reportar abuso

Olá! Sou pisciana, e confesso que muita coisa que li, bate com o que tracei para 2011.

responder ao comentário

Especiais Vila Mulher

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

cortes de cabelo emagrecer posições sexuais
X
Casa decorada de verde e amarelo
Casa decorada de verde e amarelo Veja aqui por vilamulher