Pitbull causa pânico em barbearia nos EUA

Ter, 27/09/2011 - 10h09

Pitbull causa pânico em barbearia nos EUA

Foto/ Reprodução You Tube

Circula no You Tube um vídeo onde um cão da raça Pitbull solto causa maior confusão dentro de uma barbearia nos Estados Unidos. O autor do vídeo com certeza desejou criar um cenário cômico, mas o assunto é sério e retoma a discussão em torno da raça. Segundo a pessoa que o publicou, o fato aconteceu na cidade de Providence, em Rhode Island.

Publicidade

O cão pula, corre e, aparentemente, ataca pessoas, que se defendem batendo nele, correndo e até caem na tentativa de fugir. Diante dessse fato, voltamos a antiga discussão de que esses cães não preparados para conviver socialmente com seres humanos, ou se somos nós que não estão preparados para ter cães como esse.

"Vítimas de discriminação, do sensacionalismo e do preconceito", é assim que o veterinário Eduardo Ribeiro Filetti descreve os animas dentro da sociedade. Classificados como perigo em potencial pela legislação específica, algumas raças de cães sofrem com a generalização e com o medo que é instituído na população por parte, inclusive, de autoridades. "Existe a consequente estigmatização destes animais e das famílias que os têm ao seu cuidado", afirmou Filetti em artigo publicado no seu site.

Segundo o veterinário, ‘os cães ditos potencialmente perigosos não são perigosos nem maus por natureza, como se demonstra facilmente pelos milhares de cães destas raças que vivem harmoniosamente em famílias humanas uma vida inteira’. Ele afirma que o que torna os cães violentos é o tratamento e o treinamento a que seus donos os submetem.

Ainda de acordo com o artigo do veterinário, a quantidade de ataques de cães de raças consideradas potencialmente perigosas é estatisticamente pouco significativa face ao número total existente de animais dessas raças. "A taxa de ataques de animais de outras raças ou de raça indefinida é bem maior, mas esses ataques não são notícia. Às vezes, um animal de pequeno porte ataca mais que os de grande porte, mas como as lesões são pequenas não causam impacto e nem vão aos noticiários", explicou. O veterinário ressalta que todos os cães são potencialmente perigosos, e que minimizar esse perigo é responsabilidade daqueles que têm os cães sob seu cuidado.


Por Catharina Apolinário

1 comentário no Vilaclub

Comente!
André Guilherme Portocarr André Guilherme Portocarr
Qua, 28/09/2011 - 13h54 - reportar abuso

O video mostra claramente a predisposição do PITBULL para o ataque. Estudo o comportamento e os casos de violencia que envolvem este bicho desde 1998 e mantenho um Blog sobre o assunto. Afirmo sem medo de errar que o pior pitbull é o manso. Não levar a sério o potencial ofensivo do animal é colocar em risco todos o que estiverem ao seu alcance. O que me entristece é ver um veterinário sublimando o perigo dque ele representa, emsmo diante de uma situação tão evidente. Comparar o atque de animais de pequeno porte a um pitbull, ofende o intelecto. PITBULL NÃO É ANIMAL DE ESTIMAÇÃO!

responder ao comentário

Especiais Vila Mulher

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

50 tons de cinza beyoncé 50 tons de cinza cortes de cabelo emagrecer posições sexuais
X
Como limpar o forno do fogão
Como limpar o forno do fogão Veja aqui por vilamulher