Reiki, cura pelas mãos

Seg, 05/05/2008 - 14h03

Reike cura pelas mãos

O Reiki é um método natural de cura por meio das mãos. Em japonês, rei significa a "energia cósmica que flui por todo o Universo", e ki, a "energia vital do ser humano".

A técnica consiste em impor as mãos a uma determinada distância para transferir a energia vital de uma pessoa para a outra ou passá-la pelos locais do corpo que necessitam de equilíbrio: cabeça, olhos, nariz, chacras do corpo, região umbilical, pulmões, rins, joelhos e embaixo dos pés, para fixar a energia.

Publicidade

Mikao Usui (1865-1926), um padre cristão de Kioto, no Japão, sabia que era possível curar com as mãos, a partir de uma força vital que elas emanavam, mas não sabia como isso funcionava. Ao estudar sânscrito e antigas escritas budistas, Usui encontrou uma fórmula baseada em uma série de símbolos. Quando acionados, os símbolos ativavam e captavam a energia vital universal. Mikao Usui, então, passou o ensinamento para vários japoneses e fundou o sistema dos Mestres do Reiki.

Para aplicar o Reiki, é preciso fazer um curso composto por quatro níveis. O primeiro é o principal. Nele, o aluno recebe Reiki para toda a vida e aprende a ativar a energia vital em si mesmo e nos outros, por meio de uma técnica específica com a ajuda das mãos.

O segundo nível tem aplicações avançadas. Ele foca a cura mental com repercussão no corpo físico e etérico, além da cura à distância. No terceiro nível A, a pessoa pode aplicar Reiki nos outros e em multidões, mas ainda não é considerada um Mestre. Esse título é alcançado apenas no terceiro nível B, quando o Mestre formado pode iniciar outros alunos no Reiki.

Natalia Cabral está no nível 3 do curso e é considerada Máster. Segundo ela, o Reiki é uma energia que está presente em todo o universo e vem do cosmo diretamente para as mãos do iniciado, aquele que já passou pelo curso. "A pessoa recebe a energia, acreditando ou não", diz ela.

O Reiki é indicado para problemas físicos e espirituais. "Ele cura doenças e males sociais, como ansiedade e depressão. A pessoa tem que ter fé, mas mesmo aquelas que não têm, recebem a energia", garante Natalia. A iniciada explica que em casos muito graves, o método é feito até cinco vezes por dia.

Fonte - MBPress

7 comentários no Vilaclub

Comente!
marcia barbosa marcia barbosa
Qua, 30/04/2014 - 20h21 - reportar abuso

já trabalho em centro espirita a de anos mas nao conhecia o reiki,hj fui atendida fiquei maravilhada com a luz q irradia nas maos de quem ta aplicando ,como sou espirita já tenho uma base da espiritualidade e gostaria muito de aprender a aplicar o reiki

responder ao comentário
angela regina lima da sil angela regina lima da sil
Ter, 12/06/2012 - 14h25 - reportar abuso

gostaria de fazer o curso.

responder ao comentário
Alice Novaes Alice Novaes
Qui, 10/05/2012 - 15h10 - reportar abuso

gostava de me tratar e aprender reike

responder ao comentário
Ricardo Bonaverti Ricardo Bonaverti
Seg, 18/04/2011 - 09h39 - reportar abuso

Eu poso desenvolver e ministrar esta técnica sendo fumante? O fumo atrapalha ou exerce má influência sobre a energia que eu passo?

Atenciosamente Ricardo Bonaverti

responder ao comentário
graceline martins estanci graceline martins estanci
Dom, 27/03/2011 - 15h37 - reportar abuso

gostaria de saber mais sobre reiki,
onde faço como aprendo.

responder ao comentário
Solange Vieira Solange Vieira
Dom, 23/08/2009 - 20h42 - reportar abuso

Estou gostando de um homem, porém, não consigo conquistá-lo, pois minha vida está amarrada para o sexo oposto. não consigo namorado

responder ao comentário
analia marjorie lisboa ar analia marjorie lisboa ar
Seg, 17/08/2009 - 21h06 - reportar abuso

Fique muito curiosa a repeito do rike e queria saber cm faço p estuda-lo,pois uma amiga minha me indicou e eu fiquei muito curiosa,aguardo respostas...

responder ao comentário

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

50 tons de cinza beyoncé 50 tons de cinza cortes de cabelo emagrecer posições sexuais
X
Dica para viagens curtas
Dica para viagens curtas Veja aqui por vilamulher