Especiais > Espelho da Beleza |

Câncer de mama - Doação de próteses mamárias de tecido

sex, 18/06/2010 - 10h00

Câncer de mama  Doação de próteses mamárias de tec

Quando a mulher enfrenta um câncer de mama e perde o seio, mais do que a doença é tirada do corpo. A autoestima fica prejudicada e a feminilidade perdida no meio do medo de estranheza à própria forma. Quem opta ou não pode fazer a reconstrução da mama logo após a mastectomia pode contar com próteses de tecido, que colocadas no sutiã, devolvem à mulher um pouco daquilo que o câncer tirou.

Em São Paulo, uma iniciativa da Associação Feminina do Rotary Club foi mais longe e criou uma parceria que vem mudando a vida de muitas mulheres. Há cinco anos, a pedido da Afrosp, a marca de lingerie Hope vem doando tecido para confecção das próteses. Mas o trabalho é bem mais antigo. "O que mandamos para lá são metros de manta, em rolo, aquele material do bojo do sutiã. E elas mesmo que fabricam as próteses. É um trabalho muito bonito", diz Célia Bueno Trancho, estilista que marca.

Marisa Mendes Teixeira, que coordena o grupo de próteses mamárias da associação e está envolvida com a causa há mais de 15 anos, garante que não há qualquer fim lucrativo no trabalho que desenvolvem. Todas as mulheres participantes são voluntárias, 22 no total, e fazem cerca de 700 próteses por mês. Parte do material para confecção é doado, pela Hope e também por uma ex-paciente de câncer, que ajuda com as bolinhas de polipropileno, para o enchimento. Mas as etiquetas e as linhas ainda são compradas pela associação.

A Afrosp faz a doação das próteses prontas para hospitais públicos de São Paulo, como Pérola Byngton, centro de referência da mulher e de onde nasceu a ideia das próteses, Hospital de Clínicas e Brigadeiro, além de outros no interior do Estado. Uma parte delas é ainda enviada todos os meses para outras cidades. "Mandamos até para São Luis do Maranhão", comemora Marisa. Ela explica que o pedido é feito para a associação, que analisa e envia as próteses necessárias. "Muita gente não tem condições de comprar uma prótese, que custa R$ 90 pelo menos, ou não quer fazer mesmo fazer a reconstrução. Nosso trabalho é feito com muito carinho e amor para devolver a autoestima dessas mulheres. Já mudamos a vida de muitas delas".


Quem procura a associação, na própria sede, também é atendido. A Afrosp fica na Avenida Higienópolis, 996, 5º andar. O telefone é (11) 3829 2964. Independente se você precisa de ajuda ou quer ajudar, será certamente bem vindo!

Por Sabrina Passos (MBPress)

52 comentários no Vilaclub

Comente!
dhessica nunes
sab, 20/09/2014 - 15h14 - reportar abuso

boa tarde eu tenho 18 anos e os meus seios saomuito grande para minha idade, eu gostaria de saber se eu posso estar ajudando com doaçao dos seios,nao sei se pode ser peito humano para protse mas eu estou desposta a ajudar se poder se quiserem mando uma foto,pois meus seios sao muito GRANDES e o meu sonho era poder diminuilos pois me encomoda,então realisaria um sonho meu e de outra pessoa q poderia ter um peito de volta . OBRIGADO

responder ao comentário
Regiane Santos de Oliveira
ter, 29/07/2014 - 18h40 - reportar abuso

PRECISO DE AJUDA 047-9646-1513 AGUARDO CONTATO GRATA

responder ao comentário
gilda oliveira
quin, 22/05/2014 - 14h01 - reportar abuso

fiz um mastectomia total moro em laguna sc , nao posso fazer ainda a recostruçao da mama tenho dois ano de tratamento o medico falou que ainda nao e a hora , bem fustrada sai e pensei como consegui um sutiã para mama direita ? alguem pode me ajudar obrigado pode ser usado eu nao importo tamanho 48

responder ao comentário
anilda ribeiro da silva duarte
ter, 06/05/2014 - 18h53 - reportar abuso

Boa tarde por gentileza gostara de saber onde consigo uma pr´tese para minha mãe ela tem 76 anos e infelismente descobrimos o cancer nela retirando assim sua mama como faço para conseguir uma pr´tese pois a mesma não tem condições de comprar uma.Desde já agradeço e espero retorno anilda

responder ao comentário
Maria de Fátima Carvalho
quin, 21/11/2013 - 16h23 - reportar abuso

Boa tarde, faço parte de um grupo o GAPO (grupo de apoio ao paciente oncológico) aqui na nossa cidade Campina Grande -Pb e gostariamos de confeccionar as próteses mamárias com bolinhas de polipropileno, para distribuição das mesmas as nossas pacientes. se possível vocês podem nos ajudar informando como fazer artesanalmente essas próteses? https://www.facebook.com/gapo.cg.7

responder ao comentário

Especiais VilaMulher

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas