Como diagnosticar a pneumonia em crianças

quin, 13/10/2011 - 14h18

Como diagnosticar a pneumonia em crianças

Seu filho reclama de dor ao respirar (a descreve como se fosse uma pontada),tem dificuldade em inspirar, apresenta febre alta (acima de 38 graus) por mais de três dias, tem a feição abatida mesmo fora dos picos da febre e tosse persistente? Estes podem ser alertas da pneumonia - a infecção respiratória que atinge o pulmão.

A doença provoca mais mortes em crianças do que qualquer outra, mais até do que a AIDS, a Malária e o Sarampo juntos, de acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

"A pneumonia pode ser grave, mas é uma patologia facilmente identificada pelos médicos. O desafio é o diagnóstico precoce", comenta Ana Paula Moschione Castro, médica assistente da unidade de alergia e imunologia do Instituto da Criança - HCFMUSP.

"O olhar da mãe, ou do responsável pela criança, é fundamental para a percepção dos primeiros sinais de que algo não está bem, especialmente no caso das crianças menores de um ano, que ainda não sabem mostrar o que sentem por meio das palavras", acrescenta.

A especialista alerta ainda que algumas vezes as crianças podem não apresentar os sintomas clássicos da doença e ainda assim estarem acometidos por ela. "Algum sinal a criança vai emitir, mas a disposição delas é tanta que dificilmente os pais desconfiarão do que realmente está por traz dos sintomas. Por isso, é fundamental ter a avaliação do pediatra", conclui.

De acordo com a pediatra, todos os tipos de pneumonia têm sua gravidade. Porém, hoje já estão disponíveis diversos tratamentos medicamentosos para a doença, por meio de antibióticos. Contudo, a prevenção sempre é o melhor caminho.

É importante esclarecer que esta doença pulmonar pode ter vários agentes causadores e ser inclusive uma doença pneumocócica (DP), quando originada pela bactéria pneumococo, sendo que a pneumonia pneumocócica é a sua forma mais comum.

Mas, como é possível proteger o organismo destes agentes? "As vacinas são a melhor forma de proteção, porque elas fecham as portas do organismo contra a invasão dos vírus e bactérias, seus principais causadores", comenta Ana Paula.

Dicas simples para se prevenir a Pneumonia


- Evitar a permanência em lugares aglomerados, fechados e abafados, especialmente no inverno

- Lavar as mãos com água e sabão frequentemente

- Manter uma alimentação equilibrada, rica em frutas, legumes e verduras

- Consumir muita água

- Estar em dia com o calendário vacinal e completar a imunização contra as doenças pneumocócicas

- Uma aliada da prevenção é a vacina pneumocócica 13 valente - a Prevenar 13, que apresenta a mais ampla cobertura contra doenças pneumocócicas, incluindo a pneumonia pneumocócica.

Por Jessica Moraes

NENHUM COMENTÁRIO NO VILACLUB

Comente!

Especiais VilaMulher

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas