Estresse crônico

Sáb, 16/02/2008 - 17h43

estresse cronico

O estresse crônico libera maior quantidade de cortisol no organismo fazendo com que se engorde. O estresse é a síndrome de adaptação geral.

Publicidade

Pois bem, quando a pessoa está sob constante tensão o organismo reage automaticamente se ela não souber lidar com essa situação.

As principais causas de estresse crônico são: relacionamentos com cônjuge, pais, filhos, namorado, noivo, outros parentes, chefes, colegas de serviço, sócios, perda de entes queridos, pressão no ambiente de trabalho para alcançar metas ou resultados além de sua capacidade, excesso de tempo de trabalho, excesso de serviço por pessoa, falta de habilidade naquele tipo de trabalho, trabalho noturno, falta de tempo para descanso, falta de lazer, situação financeira complicada, trabalho e estudo ao mesmo tempo, excesso de trabalhos escolares, incapacidade de acompanhar certas matérias na escola, desorganização no ambiente de trabalho ou em casa, assédio sexual no trabalho, falta de sexo satisfatório, fazer o que não gosta etc.

Se os pais têm comportamentos inadequados com a criança, essa ao nascer começa a apresentar o estresse. A criança mal cuidada pode ficar estressada. Por exemplo, se demoram demais para limpá-la após suas necessidades fisiológicas. A seguir, vem o estresse da escola. Depois o da adolescência em que ela tem o banho hormonal do organismo para produzir suas transformações. Tudo tem solução. É só ver-se na situação ao invés de sentir-se na situação, para que ache uma nova solução.

Na seqüência, vem o estresse dos primeiros relacionamentos com o sexo oposto. A pressão e compreensão de estar preparado (a) para a primeira relação sexual, com risco de gravidez e outras conseqüências. Namoros ou “ficar” e noivados. Estes, curtos ou longos sem definição. Se o relacionamento com o sexo oposto não for satisfatório, o que vemos muito no consultório, a situação fica estressante.

O mesmo acontece com a vida de casado, amasiado ou semelhantes. Relacionamentos complicados por interferência de familiares tais como sogros, cunhados, enteados, avós etc. No trabalho, o local em que se passa a maior parte de tempo do dia, pode estressar demais as pessoas. Na escola, desde o ensino fundamental até faculdade, pós-graduação e MBA pode haver estresse em excesso. Com o passar dos anos, acontecem as perdas de familiares que é uma seqüência lógica. Estas podem ser estressantes.

Como vemos, será difícil uma pessoa evitar estresse durante sua vida. O importante é saber disso. Um pouco de estresse é até saudável. O que deve ser evitado é o estresse crônico e exagerado.

Cada leitor deve identificar sua situação estressante, compreendê-la, aceitá-la em primeiro lugar e depois estudar como poderá resolvê-la. Tudo tem solução. É só pensar diferente do que vem pensando até aquele momento, olhar sob ângulos diferentes, ver-se na situação ao invés de sentir-se na situação, para que ache uma nova solução.

Essas mudanças exigem vontade e coragem. Adiar problemas é aumentá-los. Com isso, evita-se quantidades exageradas de cortisol no organismo e falar que engorda mesmo sem comer.

Por Dr. José Rui Bianchi
Médico psiquiatra e Autor do livro
"Emagrecer também é Marketing" - DVS Editora

1 comentário no Vilaclub

Comente!
Henrique Mendes Henrique Mendes
Ter, 10/09/2013 - 18h33 - reportar abuso

Meu estresse vai além destes sintomas,citados. Me prejudica financeiramente,no planejamento no geral.. Eles tem picos ainda maiores,e é neste momento,que não quero,não gosto,não posso ver nínguém! A situação social pra mim é pertubadora por vezês,procuro evitar,quando tenho estes picos de estresse crônico.
Além do TDAH,tenho deficiência hôrmonal.. que vêm me prejudicando,tornando um suplício manter metas,planos,objetivos. Alguns,fracassados e que gera mais estresse ainda,se transformando numa aspiral pertubadora.

responder ao comentário

Especiais Vila Mulher

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

50 tons de cinza beyoncé 50 tons de cinza cortes de cabelo emagrecer posições sexuais
X
Como funciona o congelamento de óvulos?
Como funciona o congelamento de óvulos? Veja aqui por vilamulher