Jovens que convivem com o HIV

Qui, 12/11/2009 - 09h56

Jovens que convivem com o HIV

Ana Maria Pereira e Alexandre Linhares. Foto/Divulgação Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime

Quem olha para este jovem capixaba, de 23 anos, não imagina o que ele já enfrentou.

Publicidade

Na adolescência, com apenas, 14 anos, foi expulso da casa dos pais depois de revelar que era homossexual e desde então vive sozinho em Vila Velha, Espírito Santo. Também usuário de drogas, Alexandre Linhares ainda convive com o vírus HIV, realidade também compartilhada pela paraibana Ana Maria Pereira, de 23 anos.

Por conta do envolvimento com um namorado, ela começou a usar crack e chegou a pesar 27 quilos, quando foi internada com o estado de saúde bastante comprometido. Ela conta que a decisão de se recuperar foi tomada quando ouviu filho dela dizer: "você não era assim. Ficou desse jeito por causa do seu namorado".

Os dois sabem exatamente como é conviver e enfrentar o vírus do HIV nos tempos de hoje e infelizmente fazem parte de uma realidade cada vez mais comum entre os jovens. Um dos mais recentes relatórios feitos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que doenças relacionadas à AIDS são a principal causa de morte e agravos entre mulheres em idade fértil em países de baixa e média renda. Já o UNAIDS, programa das Nações Unidas criado para ajudar nações no combate à AIDS, estima que de cada 10 pessoas que vivem com HIV, 9 são jovens adultos. Só no Brasil, do total de casos acumulados 11,5% são de jovens entre 13 e 24 anos.

Além de contraírem o vírus antes mesmo de vir ao mundo, durante a gravidez, muitos desses deles começam a vida sexual mais cedo, e sem proteção. E se deparam com a doença logo no início da vida.

Jovens que lutam pela vida e contra o preconceito, principalmente na hora de buscar o primeiro emprego. No caso de Ana e Alexandre, uma oportunidade surgiu na vida dos dois. Eles fazem parte do programa de formações de jovens líderes que vivem com HIV/AIDS, realizado pelo Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, a ONG Pact Brazil e a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID).

Jovens que convivem com o HIV

Alexandre Linhares. Foto/Divulgação Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime

Os dois estão inseridos no grupo de 22 jovens, entre 16 e 24 anos, de várias partes do país, que compartilham experiências de como conviver como vírus e ainda trabalham em ONGs e serviços de saúde dos seus próprios municípios, com objetivo de ajudar no enfrentamento da doença. São 11 meses de trabalho, registrado em carteira assinada, sempre com treinamentos.

"Percebi que poderia colaborar com ações de mobilização social para ajudar outras pessoas que, como eu, vivem e convivem com o HIV", diz Ana.

Alexandre atua como redutor de danos, atendendo a pessoas que vivem em situação de extrema vulnerabilidade: usuários de drogas, profissionais do sexo e moradores de rua. "Meu jeito de conversar com todo o mundo de igual para igual faz com que as pessoas me aceitem e escutem o que eu tenho a dizer", explica Alexandre. "E assim fico muito feliz de sentir que realmente estou ajudando os outros".


Um dos planos de Alexandre é escrever um livro com as mais de 80 histórias que coleciona das pessoas que conheceu e conviveu. Ele, que já foi usuário de drogas, se emociona ao contar um episódio no qual atendeu a uma avó de 74 anos e seu neto de 6 anos, ambos usuários de crack. "Quando escuto algumas histórias, acho que a minha não é tão difícil quanto pensei". Ainda assim, ele diz que na última história o protagonista será ele mesmo.

Por Juliana Lopes

25 comentários no Vilaclub

Comente!
maria rivaldo maria rivaldo
Dom, 25/05/2014 - 18h26 - reportar abuso

Quero dar graças ao Grande Templo Orunmila ele deu para mim e meu namorado, Vivemos em pequena cidade em Maryland , Estados Unidos , meu namorado e eu tenho que saber que nós éramos ambos HIV positivo e tentar viver nossas vidas em medicamentos prescritos da nossa clínica . Um dia, enquanto navega na net me deparei com este anúncio que mostrava as boas obras do Grande Templo Orunmila em como ter curado pessoas diferentes ao redor do mundo com apenas ervas e orações fortes espirituais de intercessão durante a dosagem. Decidi experimentar e ver por mim mesmo, entrei em contato com o Templo e eu estava muito bem vindos e eu me senti feliz e seguro , eu segui os passos do pai espiritual , que me falou e namorado e lançar mais luz sobre como podemos podia ser curada . Eu segui todas as instruções com fé e acreditar que ele iria trabalhar para mim. Após duas semanas de dosagem ervas , eu fui para o hospital como instruído pelo pai espiritual para a minha maior surpresa meu resultado do teste eo do meu namorado foi negativo . Eu estava tão cheio de alegria que eu exclamou em lágrimas de alegria. I garantir para este templo que você vai ter curado desta HIV / AIDS Você pode ligar para a minha linha de telefone pessoal +1 (920) 931 2971 ou deixar uma mensagem de texto me , Nós testamos e confirmou os nossos eus negativos três vezes e agora Agora meu namorado e eu estamos planejando nosso casamento sem ninguém saber que fomos uma vez positivo. Eu gosto de você entrar em contato com o templo para o seu próprio milagre muito greatorunmilatemple@gmail.com . boa sorte

responder ao comentário
Katarina Katarina
Ter, 28/01/2014 - 00h28 - reportar abuso

Estou Senhora Katarina Ivanov da região de Saratov, na Rússia eu quero dar graças ao grande Dr. Ogbaide que me ajudar na mudança de HIV + para HIV-. meu médico me disse que eu tenho apenas 3 anos de vida o que realmente tornou-se o meu problema. Um dia, quando eu estava navegando pela internet, eu vi um post testemunho por miss Angela da Espanha sobre a forma como o grande Dr. Ogbaide a ajudou a obter a cura com ervas poderosas e poder sobrenaturais, eu decidir enviar-lhe e, para minha maior surpresa tudo meu problema foi resolvido e agora estou HIV-negativo eu dou as grandes graças Dr. Ogbaide para o que ele fez para mim e estou muito feliz que ele viva por muito tempo. se você tem qualquer problema apenas e-mail dele: dr.ogbaidecures@live.com eu acredito que ele também irá ajudá-lo e que Deus o abençoe

responder ao comentário
lucas lucas
Qua, 12/12/2012 - 00h47 - reportar abuso

No dia 11/12/12 recebi a noticia de que sou soro positivo, fui fazer um exame admissional, e começou a dar alterações, repeti os exames e nesse dia o medico me chamou pra conversar, disse que tinha hiv+, eu ainda não sei o que fazer só consigo chorar, já me passou tudo de ruim pela minha cabeça, estou desesperado, meu mundo desabou, não sei o que faço da minha vida.

responder ao comentário
RIK RIK
Sex, 31/08/2012 - 14h09 - reportar abuso

sou soro positivo ha 20 anos ,tenho 40 anos,e ser portador do hiv e dificel,,mas da bem para viver e so se cuidar,,e tomar todos os cuidados necessarios com a saude.nunca fiquei doente estou com otima saude,,e para quem tem hiv ,procure viver,,sou um exemplo disso,,hiv nao mata mais,,e so se cuidar,,ok,,sou de porto alegre,,,,rik ,e procurando tambem uma namorada soropositiva,,meu msn rikrs20122012@hotmail.com

responder ao comentário
Joseph Joseph
Ter, 28/08/2012 - 17h53 - reportar abuso

Descobrir que era portador do vírus há cerca de 2 meses, e desde de então tenho sofrido muito. Ainda não tive coragem de contar a ninguém, Pensei seriamente em desistir de tudo mesmo, mais tenho uma mãe que me ama e não posso deixá-la triste. Tem sido muito difícil mesmo, tenho pedido muita força a DEUS para que eu possa resistir a essa luta que me degrada. Tenho 25 anos e sou estudante universitário.

responder ao comentário
Rapaz Rapaz
Dom, 26/08/2012 - 01h51 - reportar abuso

Olá! Sou do Rio de janeiro, soropositivo a 6 anos.

Tenho 34 anos, sem vícios. No momento estou solteiro. Sou hétero, Negro, 1.75, 73 Kg.

Estou indetectável a alguns anos.

Caso queiram amizade, relacionamento ou trocar experiências.

MSN: rapaz_rj_@hotmail.com

responder ao comentário
RIK RIK
Qua, 04/07/2012 - 17h52 - reportar abuso

GOSTARIA CONTATO COM MULHERES SOROPOSITIVAS DA REGIAO SUL,,,,SOU DE PORTO ALEGRE ..MEU SM RIKRS20122012@HOTMAIL.COM MEU NOME E RICARDO

responder ao comentário
jose carlos farias jose carlos farias
Qua, 27/06/2012 - 10h23 - reportar abuso

ola me chamo carlos gostaria de conhecer uma menina pra namoro serio de 20 a 35 anos sou de santa catarina tenho 28 anos meu telefone é 048= 9191079527 operadora vivo xau bjs

responder ao comentário
Eduardo Eduardo
Seg, 18/06/2012 - 23h38 - reportar abuso

Olá, sou soropositivo, tenho 21 anos e descobri o hiv faz 9 meses, estou em fase de aceitaçao, nao estou tomando os remedios, pois meu CD4 esta bom, gostaria de trocar ideias com soropositivos.

me adicionem no msn semprebemhiv@hotmail.com

responder ao comentário
suelene vieira suelene vieira
Qui, 12/04/2012 - 08h52 - reportar abuso

eu admiro pessos que não tem nem um tipo de preconceito! pois isso não faz parte do povo de cristo jesus. vão em frente com o trabalho que vcs fazem admiro pssoas assim!!!!

responder ao comentário
Veja mais comentários

Especiais Vila Mulher

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

beyoncé 50 tons de cinza cortes de cabelo emagrecer posições sexuais
X
Mais Vitamina D, por favor!
Mais Vitamina D, por favor! Veja aqui por vilamulher