Pedra na vesícula

Ter, 15/09/2009 - 09h08

Pedra na vesícula

Um dia, você sente cólicas tão fortes na região direita do abdome. Desconfiada, imagina uma série de razões para isso e vai logo buscar ajuda médica. Em alguns casos, ela pode estar associada com a colelitíase, isto é, pedras (cálculos) na vesícula biliar.

"A dor constante que se localiza na região superior direita é o sintoma mais freqüente das pessoas que apresentam pedra na vesícula. Ela é quase sempre acompanhada de náuseas", explica Dr.

Publicidade

Vladimir Schraibman, especialista em cirurgia geral, gastrocirurgia e orientador de Cirurgias Robóticas da área de Cirurgia Geral e do Aparelho Digestivo do Hospital Israelita Albert Einstein (Proctor Intuitive Robotic System).

Schraibman diz que também é comum apenas descobrir a presença de cálculos biliares nos exames de rotina, como tomografia e ultrassom do abdome. "É preciso tomar cuidado para que o não se evolua para um quadro agudo de inflamação da vesícula (colecistite aguda), quando um cálculo obstrui a saída da bile; colangite, que corresponde a uma infecção grave dos canais que levam a bile para o intestino; e até mesmo uma gangrena da vesícula", alerta.

Existem vários tipos de cálculos (pedras), mas os principais são os de colesterol e os pigmentados. O primeiro ocorre pela ingestão de gorduras de origem animal (carne vermelha, leite e seus derivados, além de frituras e gordurosos em geral, como os embutidos). Já os pigmentados tem relação com os sais biliares, outra substância presente na composição da bile e que, quando em concentração inadequada, gera a formação de cálculos biliares.

Conforme o especialista, vários fatores estão associados com o surgimento da pedra neste órgão pequeno, com formato de pêra e oito centímetros de tamanho, localizado embaixo do fígado. "Idade, lembrando que a freqüência aumenta com o processo de envelhecimento, gravidez, obesidade, terapia de reposição hormonal e níveis altos de triglicérides no sangue, são as causas principais", diz Schraibman.

A vesícula tem a função de armazenar a bile, líquido produzido pelo fígado responsável por facilitar a absorção das vitaminas, além de quebrar as gorduras presas no intestino. Pesquisadores da Universidade de Bonn, na Alemanha, já associaram a formação de pedras com a versão de um gene capaz de triplicar as chances do seu desenvolvimento.

O fato mais concreto é que os cálculos renais ou biliares costumam ser achados com mais frequência na mesma família, isso explicaria o fator genético, mas os cientistas alemães atribuem a má alimentação na maioria dos casos, 80%, principalmente pessoas que adotam uma dieta rica em gordura animal. Sendo assim, uma das formas de prevenção é optar por alimentos com baixo teor de gordura e mais fibras.

Segundo o especialista em gastrocirurgia, o tratamento a base de medicamentos ajuda a dissolver a solução dentro da vesícula, evitando a formação de pedras. Quando ele não resolve, a cirurgia laparoscópica é o próximo passo. "É muito segura e possui baixíssimos índices de complicações. Atualmente, podemos associar à técnica do single port, ou seja, a retirada da vesícula com apenas uma incisão de cerca de 2,5 cm e alta hospitalar no mesmo dia da cirurgia, com ótimos resultados", explica.

Ao contrário do que muita gente imagina, Vladimir esclarece que a retirada da vesícula não afeta o funcionamento do fígado ou do intestino. A explicação é simples. Atualmente, nós não necessitamos da vesícula porque nos alimentamos várias vezes ao dia, pois não há a necessidade de se armazenar tanta bile, afinal, ela não é responsável pela produção, mas sim por guardá-la.

"A produção da bile pelo fígado continua normal após a retirada da vesícula. Não existe nenhuma seqüela ou conseqüência para o organismo após a cirurgia. Em alguns casos somente é comum aumentar o número de evacuações no primeiro mês", esclarece.


Apesar do mal ocorrer mais em mulheres, Antonio Santos passou pela cirurgia e não teve problemas, somente algumas dores após o procedimento. Ele ficou internado uma noite no hospital e após uma semana voltou às suas atividades normais, gradativamente. "As dores não voltaram e hoje me sinto muito bem", finaliza.

Por Juliana Lopes

30 comentários no Vilaclub

Comente!
agna agna
Qua, 08/08/2012 - 16h13 - reportar abuso

Ola pessoal,descobri que tenho calculo na vesicula ano passado, depois sofri dores insuportaveis no abdomem.Na madrugada de hoje, sofri com colicas muito fortes, e novamente, fui parar no hospital. O pior é que minhas dores não gostumam parar facilmente. e só para com associaçãoes de remedios, como profenide e dolantina.Só tenho um calculo na vesicula, mas já fui informada que tenho que operar, e que este calculo não sai, só retirando a vesicula.Será que tem algum remedio para vesicula que meu medico desconheça.Por favor me ajudem.

responder ao comentário
Maira gomes Maira gomes
Qui, 12/07/2012 - 17h12 - reportar abuso

olá, eu tenho pedras na vesilula a mais ou menos 1 ano e ja fui pro hospital incontaveis vezes, só que agora já tem uns 4 meses que não tenho, e me sinto bem melhor e sem fazer dieta, ainda não refiz os exames pra saber o q pode ter acontecido, isso pode ser sinal de piora? ou é possivel eu ter eliminado as pedras de alguma forma?

responder ao comentário
Diana Diana
Qui, 03/05/2012 - 17h52 - reportar abuso

Meu esposo tirou a vesícula mas agora ele vai no banheiro fora do normal, ja faz alguns anos que ele tirou e ficou com o intestino mais solto,ja tentamos de tudo mas tem um pequeno problema ele não pode tomar remédios pra trancar pelo fato de atacar o refluxo oq devemos fazer?

responder ao comentário
carila reis carila reis
Sáb, 28/04/2012 - 16h33 - reportar abuso

ola fiz z cirugia de pedra na visicula tem 7 dias e nao sei o que comer alguem mim ajuda por favor.

responder ao comentário
Sex, 20/04/2012 - 09h05 - reportar abuso

Ola pessual,eu também estou com esse problema ja ha um ano que tenho crise de dores da costela para o estômago e até meus braços doem,descobri a pouco que estou com pedras na visícula,ja fis os exames e vou retornar dia 23/04/2012 com o médico para ele marcar a cerurgia,tenho muito medo também,mais só de pensar que vou me livrar dessas terriveis dores ja fico mais aliviada,mais quando eu fiser a cirurgia volto para contar como foi,boa sorte a todas vcs a tenham fé que Deus nos ajudará.

responder ao comentário
erika erika
Qua, 14/03/2012 - 10h31 - reportar abuso

Ola pessoal eu também to com essa pedra na vesicula, será que existe um tratamento para disolver essa pedra. que nâo seja só a cirugia?

responder ao comentário
pedro maia pedro maia
Qua, 07/03/2012 - 02h48 - reportar abuso

Ola pessoal eu também to com essa pedra, será que existe um tratamento para disolver essa pedra não queria me operar. como fica a cicatrix após a cirurgia?

responder ao comentário
Ana Cléa Ana Cléa
Qui, 08/12/2011 - 13h08 - reportar abuso

Olá....fiz uma cirurgia da visicula a 8 dias, a cirurgia foi aberta pelo sus, ocorreu tudo bem, não sinto muitas dores, durmo de barriba pra cima, com a cabceira da cama bem erguida acho mais confortavel. Mas comecei a sentir um pouco de falta de ar a dois dias que não me deixam dormir direito, estou com a respiração um pouco curta, alguem sabe se isso é normal, alguem teve o mesmo sintoma?

responder ao comentário
Mário Mário
Sex, 02/12/2011 - 21h23 - reportar abuso

Fiz dia 29.11.11 as 9 horas e hoje estou aqui me recuperando, com algumas dores mais de resto tudo bem graças a Deus foi tudo muito tranquilo, tirando o medo que senti antes...mas na hora não vi nada anestesia geral e as 11 horas estava abrindo olho de novo...

Boa sorte !!!

responder ao comentário
aline castilho da silva aline castilho da silva
Ter, 30/08/2011 - 22h51 - reportar abuso

boa noite , tenho 27 anos , a 1ano e meio vem lutando contra as dores da pedra na visucula, vou operar em novembro , gostria de saber sobre a alimentação no pos operatorio , o que vai mudar na alimentação e depois de quanto tempo vou poder comer de tudo e se vou poder?

responder ao comentário
Veja mais comentários

Especiais Vila Mulher

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

50 tons de cinza beyoncé 50 tons de cinza cortes de cabelo emagrecer posições sexuais
X
Reutiliza garrafas plásticas?
Reutiliza garrafas plásticas? Veja aqui por vilamulher