Pendurar quadros: não arrisque a decoração

qua, 24/09/2008 - 12h39

Pendurar quadros não arrisque a decoração

Pendurar quadros não é para qualquer um. Aparentemente simples, este é o tipo de tarefa que requer vários cuidados para que a decoração do ambiente não perca o equilíbrio. Segundo a arquiteta e urbanista de Belo Horizonte, Catherine Fonseca Alves Horta, não existe receita de bolo, mas algumas dicas básicas garantem o bom resultado.

No caso dos quadros que são pendurados acima de sofás, por exemplo, ela diz que é preciso utilizar como referência a medida de 25 ou 30 centímetros em relação à porção superior do móvel, o suficiente para que a pessoa sentada não encoste a cabeça no quadro.

Quanto à centralização, tudo depende da quantidade de quadros pendurados. “No caso de um único quadro, é importante levar em consideração o tamanho do sofá, pois se o móvel for muito grande e o quadro muito pequeno, o efeito será negativo. Neste caso, sugerimos um quadro de tamanho maior, no sentido horizontal”.

Se quiser pendurar três quadros, por exemplo, acima do sofá, o ideal é usar a liberdade a favor da decoração, principalmente se as peças tiverem medidas diferentes. “Agrupe por exemplo, os menores à esquerda e, na outra extremidade do sofá, o quadro maior, o que permite uma leitura crescente do conjunto. O alinhamento não é uma regra assim como o tamanho idêntico das peças”.

Já para o quadro único pendurado acima da cama de casal, no quarto, a dica é: centralize-o em relação à cama e não à parede. A altura em relação à cabeceira é a mesma em se tratando de um sofá, ou seja, tome como referência 25 ou 30 cm. Se a cama não possuir cabeceira, lembre que o quadro deve ficar na altura dos olhos de uma pessoa, ou seja, use como média 1,60m do piso ao centro do quadro.

Para corredores, diz Catherine, não há dicas diferenciadas, lembrando sempre que esta é uma área estreita e não permite distância para serem observados. “Dê preferência a uma composição de mais peças penduradas e, em caso de um único quadro, analise a proporção do corredor, ou seja, largura e altura da parede.

Para corredores ou em qualquer situação diferente, antes de pendurar os quadros, o ideal é colocar todos os elementos que vão para a parede no chão e tentar todas as possibilidades até chegar a uma combinação ideal para sua decoração”.

Um detalhe importante refere-se à mistura de molduras. Sim, elas são permitidas assim como a mistura de estilos, cores e tamanhos. “Entretanto, lembre-se que a colocação da moldura pode valorizar o desvalorizar a obra, já que o importante não é a moldura, mas sim a obra e seu autor. Procure por sua vez, adequar o estilo do quadro à moldura para que haja harmonia. Neste caso, não existe moda”.

Leia também - Presentes customizados, emoldure recordações!

Por Adriana Cocco

1 comentários no Vilaclub

Comente!
Claudio DiSouza - FOTOTELAS
sex, 25/03/2011 - 12h11 - reportar abuso

Realmente estas orientações e dicas nos tiram o receio de decorar com quadros nossos ambientes e também nos inspiram artististicamente e tambem servem de base e referencia para quem precisa orientar os clientes na hora de decorar com quadros, e no meu caso, fotopinturas e fototelas artisticas. Muito Obrigado pelo artigo.

responder ao comentário

Especiais VilaMulher

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

organizaçãodecoração de natalpintar parededecoração para quarto