Moda das Famosas

Beleza express - serviços de beleza em domicílio também são fonte de renda

Sex, 30/03/2012 - 05h00

Beleza expressBeleza express

O trabalho de Vânia Ibraim, que sobe em sua moto e roda a cidade do Rio de Janeiro para fazer unhas e depilação, foi reconhecido durante o programa Domingão do Faustão. Foto: TV Globo


Imagine o quão cômodo seria se você pudesse pegar o telefone e pedir para uma maquiadora ou manicure ir até a sua casa, em vez de ligar para um salão tentando marcar um horário? Pois saiba que essa prática é mais comum do se que imagina.

De olho na falta de tempo de muitas clientes, e dispostos a oferecer um serviço mais personalizado, muitos profissionais da área de beleza têm optado por trabalhar em domicílio. Maquiagem, manicure e até depilação são alguns dos serviços que as mulheres podem solicitar no aconchego de seus lares.

Publicidade

Quem pediu as contas no salão a decidiu trabalhar em domicílio foi Vânia Ibraim. Há seis anos, a moça sobe em sua moto e roda a cidade do Rio de Janeiro para fazer unhas e depilação. "Comecei entregando panfletos. Depois personalizei minha moto e criei uniformes com logos. As pessoas me param na rua para perguntar com o que eu trabalho e rapidamente entrego um panfleto. Hoje eu sou minha propaganda", conta.

Vânia vive desta modalidade. E uma vez por semana, ajuda o marido, que trabalha concertando máquinas pesadas. A manicure tira a segunda-feira para cuidar da burocracia de bancos e de outras atividades administrativas. E para organizar seus horários, já que exerce seu ofício por conta, a manicure anda sempre com uma agenda. Assim fica sabendo sempre para onde vai.

"Meu dia começa por volta das 6h30, 7h. Reservo esses horários para as mulheres que trabalham em escritório e não podem fazer este tipo de serviço em seus locais de trabalho. Também divido minha agenda por bairros, assim otimizo meu tempo", explica. Vânia termina seu dia de trabalho às 18h, para que possa ir para a casa a tempo de cuidar da casa e da família e descansar. "Eu faço encaixes na medida do possível. E se a cliente precisa de algum horário extra, como à noite, por exemplo, eu me programo, agilizo as coisas em casa e vou", garantiu. A profissional faz o mesmo preço para todas as clientes, que fecham pacotes mensais.

A profissional da beleza diz que hoje comemora o fato de curtir os feriados. "Essa história de não ter Natal e Ano Novo acontece quando você trabalha em salão. Na época em que eu era funcionária, trabalhava até na véspera dos feriados. Agora não, tenho uma agenda e me programo melhor. Consigo ir ao médico quando necessário, fazer minhas coisas e cuidar da minha família sem prejudicar meu trabalho", diz.

Vânia leva em média 40 minutos para fazer a mão das clientes e cerca de 1h40 para pé e mão. Então os horários das clientes são calculados de acordo com o tempo que a profissional levará para chegar ao local e para sair em direção à próxima cliente. "Geralmente quando é só mão eu reservo uma hora. Mas há mulheres que estão amamentando ou trabalhando de casa enquanto eu faço a unha. Para essas eu preciso reservar um tempo maior".

Além de manicure. Vânia também é depiladora. Para ser atendida pela profissional em domicílio, a cliente deve ter o kit básico de unha (alicate, espátula e desencravador). Caso a cliente não tenha, pode comprar na hora com a profissional, que sempre tem kits na bolsa. E para a depilação, a cliente recebe um pote com a cera, que é abastecido ao longo das visitas. E todo o material utilizado é descartável.

Caso seja necessário, Vânia faz uma escova ou uma maquiagem, mas ressalta que isso só acontece em casos excepcionais. "Meu sonho é levar um maquiador e um cabeleireiro na garupa. Ainda estou estudando isso", revela.

Maquiagem em casa

Beleza expressBeleza expressBeleza express

A maquiadora Regiane Celye, por exemplo, também apostou nesse ramo e não se arrepende. "Eu fiz o curso, comecei a trabalhar em um estúdio e esporadicamente fazia maquiagem fora de lá. Com o chamado boca a boca passei a atender só em domicilio", comenta. "Trabalhando assim, você conhece pessoas interessantes e que geram boas amizades."


Sabendo que as clientes são bem exigentes, Regiane não para de estudar e está sempre de olho nas tendências. "Eu não tinha o material para trabalhar em domicílio. Mas resolvi investir nesse nicho e não paro de comprar todas as novidades que aparecem", diz, afirmando ser esta a sua única fonte de renda.

Mas nem tudo são flores. Regiane diz que quem optar por trabalha dessa maneira não pode se preocupar muito com fins de semana e feriados e nem definir horários de trabalho. "Estou sempre à disposição das clientes e amo o que faço. Com isso, abro mão de muita coisa, como passeios e festas, porque é no final de semana que mais pinta trabalho."

Por Juliana Falcão (MBPress)

Nenhum comentário no Vilaclub

Comente!

Especiais Vila Mulher

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

artesanato bolo de cenoura bolo de chocolate cabelos curtos cortes de cabelo emagrecer enfeites de natal lembrancinhas chá de bebê maquiagem moda verão 2014 orgasmo pensão alimentícia penteados penteados para madrinhas posições de sexo posições sexuais unhas decoradas vestidos