Ganhe uma renda extra neste fim de ano!

Ganhe uma renda extra neste fim de ano

Engana-se quem pensa que a época de fim de ano significa apenas gastar e gastar dinheiro com presentes, viagem de férias, ceia com a família e tudo mais que vem acompanhado pelo Natal e Réveillon. Para quem deseja ganhar uma renda extra, a época é bastante propícia para iniciar um negócio e até incentiva muita gente a dar continuidade nas atividades no ano novo!

Trabalhos manuais e o preparo de guloseimas características de fim de ano estão entre as opções comerciais preferidas de mulheres que partem para a fabricação própria de seus produtos. Uma ótima idéia para o período, desde que, segundo Cristiane Rebelato, gerente do Escritório Regional Guarulhos do Sebrae-SP, tudo seja preparado com rapidez e assertividade.

Na entrevista a seguir, ela dá dicas de como divulgar os produtos e fazê-los render um bom dinheirinho para o seu bolso, além das estratégias de vendas capazes de fazer os negócios prosperarem!

- De que forma o desenvolvimento de trabalhos manuais para o fim de ano deve começar para poder dar certo? É preciso, por exemplo, um estudo de mercado?

Cristiane Rebelato - Com certeza, muitas mulheres aproveitam o final do ano para aumentarem suas rendas e assim terem um período mais proveitoso. Para que esta mulher alcance seu objetivo o ideal é analisar a necessidade do mercado e suas potencialidades na criação de trabalhos manuais, para oferecer um produto que venha de encontro às necessidades do cliente, até mesmo porque explorar uma data festiva requer rapidez e assertividade. Afinal de contas, ninguém comprará um Papai Noel de patchwork após o Natal.

- Com quanto tempo de antecedência é preciso preparar os produtos que serão comercializados?

Cristiane Rebelato - O ideal seria já se preparar a partir do mês de setembro com a compra das matérias-primas que vão até o final do ano se tornando mais escassas; muitos clientes iniciam a compra dos presentes da lista de Natal já no mês de outubro, mas de qualquer forma ela deve manter uma reserva para aqueles que deixam para última hora, ou até mesmo para aquele presentinho esquecido.

- Quais devem ser as estratégias de divulgação e venda dos produtos?

Cristiane Rebelato - Primeiramente é preciso definir quem é seu público-alvo, seu estilo e probabilidades de gasto com o produto. E, após este planejamento, utilizar as ferramentas que alcancem tal público, o que pode variar do tradicional "boca a boca", panfletagem, envio de e-mail marketing até divulgação em redes sociais.

- Como proceder para poder participar de bazares ou outros locais de venda específicos desta época?

Cristiane Rebelato - Se forem bazares de empresas, a interessada deve entrar o quanto antes com pedido de aluguel deste espaço, pois esta época do ano é a mais procurada. Se forem locais públicos, deverá procurar a Prefeitura ou Subprefeitura de seu bairro para verificar os procedimentos necessários.

- Comercializar na própria casa é uma boa ideia?

Cristiane Rebelato - Também pode ser uma boa ideia, porém vale lembrar da necessidade de análise do público-alvo, pois de acordo com seu perfil a venda pode até ser virtual.

- Que parâmetros devem ser levados em consideração para definir o preço a ser cobrado?

Cristiane Rebelato - De modo geral o cálculo do preço de venda deve levar em consideração a soma de: despesas fixas (aluguel, luz, água, telefone) + despesas variáveis (impostos e comissões) + margem de lucro esperada e o custo (matéria-prima utilizada).

- Quais são os produtos mais fáceis de serem vendidos nesta época?

Cristiane Rebelato - Produtos que referem-se ao tema da época: bonecos, toalhas, panos de pratos natalinos, bolos e doces em geral.

- Muita gente acaba tomando gosto pelo negócio e começa a desejar continuar comercializando os produtos após o fim de ano. É uma boa ideia? Como fazer para dar certo?

Cristiane Rebelato - É uma boa ideia; esta empreendedora pode se especializar em datas temáticas como: dias das mães, namorados, dia das crianças, dia dos pais entre outros, não se esquecendo que vale a pena realizar um bom e estruturado Plano de Negócios - tarefa em que o Sebrae mais próximo poderá auxiliá-la.


- Quais os erros que não se deve cometer tanto no caso da comercialização apenas no fim de ano quanto para aquelas mulheres que desejam continuar com os negócios?

Cristiane Rebelato - Falta de planejamento, pois independentemente do tempo que durará sua atividade comercial, esta deve ser planejada, caso contrário será uma péssima experiência a ser recordada.

Por Adriana Cocco

Comentários

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

Últimas

Top Temas

casamentogravidezsexoorgasmoorgasmo femininoperfumes importadosemagrecersapatoscosméticosmaquiagempenteadosperfumedepilaçãoansiedadecortes de cabelobatominício das aulasblushpulseirachurrascobolo de cenouraformaturajusta causadecoração para festa infantilpensão alimentíciahoróscopo diário