Famosos que viraram evangélicos

Famosos que viraram evangélicos

Rodolfo Abrantes. Foto: divulgação.

Eles mudaram a maneira de viver a vida em busca da evolução espiritual. Abandonaram vícios, hábitos e atitudes para se adequarem a um perfil mais coerente com o que são agora. O Vila Glitter conversou com alguns famosos que se converteram para a religião evangélica e descobriu o que mudou em suas vidas.

O ex-vocalista da banda Raimundos, Rodolfo Abrantes, hoje tem uma postura totalmente antagônica a que tinha antes de converter. Segundo ele mesmo diz, antes ele e a esposa Alexandra, com quem é casado há oito anos, viviam constantemente sob efeitos de entorpecentes e levavam uma vida sem luz. “Minha saúde estava debilitada, e meu relacionamento com minha esposa, na época namorada não estava bom”, lembra.

O músico diz que Alexandra se converteu a religião antes, e passou a fazer cultos dentro do apartamento. Em uma das cerimônias, Rodolfo diz ter sido curado. “Para ouvir o chamado de Deus, você precisa estar atento aos sinais”. Ligado nesses sinais, ele mudou de vida e viu que o novo Rodolfo não combinava mais com a banda.

Assim como Rodolfo, a dançarina Carla Perez também passou por mudanças “Na época, estava vivendo um momento muito difícil no meu casamento, quase separação. Fui para uma reunião no sítio de meus pais e lá na oração eu senti a presença de Deus. Foi uma sensação emocionante, como nunca tinha sentido”. Ela fala que antes não pensava nas coisas que não agradavam a Deus e hoje, é bem diferente.

Famosos que viraram evangélicos

Carla Perez. Foto: divulgação.

Carla conta que quando virou evangélica, muita gente olhou torto, desconfiou. “Eu era dançarina do grupo “É o Tchan” e aceitei Jesus. Então acabo sendo alvo de julgamentos, muitas das vezes preconceituosos”, fala. No entanto, a cantora não dá importância para isso. “Não me vejo na necessidade de mudar o trabalho que faço hoje, que é cantar para as crianças, para agradar o ego dos homens”.

Assim como Carla Perez, Rodolfo também lembra que quando decidiu entrar para a igreja a receptividade não foi boa. “Todo mundo achou que eu estava louco, outros acharam que era jogada de marketing. Poucos que acharam que era uma coisa boa”, afirma.

Segundo ele, o mundo hoje tem valores distorcidos. “A sociedade é atraída por sujeira, é uma coisa que você vê em qualquer área, como pessoas fazendo de tudo para chegarem ao sucesso. O pecado é maquiado para parecer inofensivo”, opina. Carla Perez também analisa a situação do mundo de maneira negativa. “Fico chocada com as coisas que vejo na mídia. Acho que as pessoas têm que ter mais Deus em seus corações. Eu sou a favor de que se você não pode ajudar um milhão de pessoas, então ajude uma. Imagine se um milhão de pessoas que tem mais condições pensasse dessa forma: teríamos 1 milhão de irmãos necessitados sendo acolhidos”.

Após sua saída do Raimundos, Rodolfo direcionou seu talento para outro projeto, a Banda Rodox, que também acabou. Foi então que decidiu seguir carreira solo, deixando de lado as luzes e os holofotes da mídia para se dedicar ao que realmente lhe faz sentir bem: cantar para Jesus. Em 2006, lançou seu primeiro CD chamado “Santidade ao Senhor”, e no ano seguinte, lançou “Enquanto é Dia”. Seu estilo de música permanece fiel ao rock, mas as letras são destinadas a Deus. “Sempre cantei sobre aquilo que eu era apaixonado. Não preciso mais de artifícios e performances”.

Atualmente, Carla Perez direciona seu talento para o público infantil. Um de seus projetos é o “Bloco Algodão Doce”, que percorre micaretas de todo o Brasil. “Pretendemos fazer ainda esse ano um DVD infantil com músicas dançantes e bem divertidas para toda a família”, declara. E afirma que pretende transformar o que aprendeu estudando Artes Cênicas, em uma peça infantil.

A ex-assistente de palco do programa do Luciano Huck, Sandra Andrade, mais conhecida como Sandrinha, também "se converteu". Ela conta que teve uma educação católica, mas não era praticante. “Quando fui à igreja Comunidade Evangélica da Barra da Tijuca, senti algo diferente, pela forma como a palavra de Deus é colocada lá”.

Ícone de beleza, Sandrinha fala que não sente remorso por ter feito ensaios sensuais. “Nunca me arrependi e também nunca me criticaram na minha igreja por conta disso, pelo contrário. Deus com certeza não acha que tenho que esconder a beleza que ele mesmo me deu”. Ela fala que antes de entrar para o programa de Huck já ia aos cultos. “Me converti aos quinze anos, e entrei no caldeirão aos 17”, conta. Formada em jornalismo, ela saiu do programa em 2006. Atualmente, ela apresenta um programa no canal da web WTN e curte a filhinha Maria Paula.

Assim como eles, outros famosos também direcionaram sua fé para a religião evangélica. Uma delas é a cantora Baby do Brasil, que se ordenou pastora e prega na igreja que fundou chamada “Ministério do Espírito Santo de Deus em Nome do Senhor Jesus Cristo”.

leia também


Por Cínthya Dávila (MBPress)

Assuntos relacionados: carla perez rodolfo abrantes evangélico

Comentários

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

Últimas

Top Temas

casamentogravidezsexoorgasmoperfumes importadosemagrecercosméticosmaquiagempenteadosperfumedepilaçãonovelaansiedadecortes de cabelobatomblushbolo de cenouradecoração para festa infantildieta detoxsuco detoxmoda das famosashoróscopo diário50 tons de cinza