Viciados em internet

Seg, 21/04/2008 - 09h33

Muitas mães que trabalham o dia todo às vezes não percebem como jovens e adolescentes ficam horas a fio em frente à tela do computador. Fique sempre atenta aos hábitos do seu filho! O que pode ser um passatempo acaba se tornando em vício.

Publicidade

Segundo o Ambulatório Integrado dos Transtornos do Impulso, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo, o uso excessivo da internet funciona como forma de aliviar a tensão e a depressão. É comum os dependentes apresentarem auto-estima rebaixada, timidez, baixa confiança em si mesmo e baixa pró-atividade. O jovem começa a ter dificuldades de controlar o uso ou envolvimento com a rede e passa a comprometer outras áreas de sua vida.

Caso o seu filho apresente pelo menos de cinco a oito dos critérios abaixo é bom procurar o auxílio de um psicólogo:

(1) Preocupação excessiva com a Internet
(2) Necessidade de aumentar o tempo conectado (on-line) para ter a mesma satisfação
(3) Exibe esforços repetidos para diminuir o tempo de uso da Internet
(4) Irritabilidade e/ou depressão
(5) Quando o uso da Internet é restringido, apresenta labilidade emocional (Internet como forma de regulação emocional)
(6) Permanece mais conectado (on-line) do que o programado
(7) Trabalho e as relações sociais ficam em risco pelo uso excessivo
(8) Mente aos outros a respeito da quantidade de horas conectadas

O próprio instituto atende gratuitamente adolescentes entre 12 e 17 anos que apresentam esses sintomas de dependência. O atendimento é feito em 18 semanas. Inscrições podem ser feitas pelo telefone (11) 3069-6975 ou através do site www.dependenciadeinternet.com.br

Nenhum comentário no Vilaclub

Comente!

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

50 tons de cinza beyoncé 50 tons de cinza casamento
X
Nova arma contra o cyberbullying
Nova arma contra o cyberbullying Veja aqui por vilamulher