Convulsão febril - o que fazer?

seg, 17/01/2011 - 11h10

Convulsão febril  o que fazer

Um dia, sem mais nem menos, você percebe que o seu pequeno está ardendo em febre e, em poucos minutos, ela passa dos 36 °C para os 38 °C. Logo em seguida começa a passar mal, mexe o corpo e chacoalha braços e pernas, até revira os olhos. Isso permanece por cinco minutos, ou um pouco mais, e logo ele cai no sono. É um típico caso de convulsão febril.

Foi justamente o que aconteceu com Adriana Santos, 27, mãe do pequeno Gabriel, de dois anos. Assustada depois da convulsão, ela logo correu para o hospital. "Só fiquei mais tranqüila quando vi que ele saiu do estado de sonolência e voltou ao normal. Foi um susto e tanto", conta.

Segundo o neuropediatra Paulo Breinis, do Hospital São Luiz, muitas mães não devem se preocupar, pois a convulsão febril benigna é algo que acontece com até 5% das crianças entre três meses e cinco anos, entretanto, é mais freqüente até pelo menos três anos. Nesta fase, as crises não trazem seqüelas neurológicas, entre eles, a epilepsia, nem mentais, mas o quadro pode ser diferente se elas ocorrerem depois dessa idade, ou ainda se as convulsões permanecem por muito tempo, até pelo menos 30 minutos, o que é muito raro.

"Nessa hora o mais importante é manter a tranqüilidade. Deite a criança de lado, para que ela não se sufoque, e a proteja de objetos. Segure a cabecinha e deixe que a saliva escorra. E não tente imobilizá-la", explica o neuropediatra. Passada a crise, os pais devem levar a criança imediatamente ao hospital, porque somente lá é que eles vão administrar os medicamentos adequados.


Quando a febre começar, o neuropediatra recomenda utilizar antitérmicos, mas após a primeira crise, muitas mães podem agir de outra forma caso ela aconteça outra vez. Geralmente quando a febre tem início novamente, o que já deixa muitas mães assustadas, como Adriana, geralmente os especialistas indicam um anticonvulsivante, que podem ser usados em conjunto com os remédios para febre quando a criança tem, por exemplo, uma otite ou amidalite.

Por Juliana Lopes

8 comentários no Vilaclub

Comente!
Daniele Gomes
dom, 02/09/2012 - 17h51 - reportar abuso

Meu filho tem dois aninhos e ja teve a crise convulsiva pelo estado febril,fico apavorada quando ele esta c febre,mas o pediatra me disse que não é porque ele teve uma vez que significa que vai ter novamente,

responder ao comentário
patrícia Brandão
qua, 07/11/2012 - 18h36 - reportar abuso

meu filho tem anos e já teve duas crises de Convuçao quando ele teve a primeira vez eu levei ele no médico e ele ficou hem observação e o médico disse que nunca mais ele iria ter outra crise mais que também ele poderia ter outra crise de novo , quando foi sexta feira passada ele teve a segunda crise e ficou internado por dois dias.

patrícia Brandão
qua, 07/11/2012 - 18h32 - reportar abuso

meu filho tem anos e já teve duas crises de Convuçao quando ele teve a primeira vez eu levei ele no médico e ele ficou hem observação e o médico disse que nunca mais ele iria ter outra crise mais que também ele poderia ter outra crise de novo , quando foi sexta feira passada ele teve a segunda crise e ficou internado por dois dias.

patrícia Brandão
qua, 07/11/2012 - 18h26 - reportar abuso

meu filho tem anos e já teve duas crises de Convuçao quando ele teve a primeira vez eu levei ele no médico e ele ficou hem observação e o médico disse que nunca mais ele iria ter outra crise mais que também ele poderia ter outra crise de novo , quando foi sexta feira passada ele teve a segunda crise e ficou internado por dois dias.

vanessa sampaio
quin, 15/03/2012 - 14h46 - reportar abuso

Realmente é muito importante saber como devemos agir nestes casos, já passei por isso quando meu filho tinha apenas 1 ano e depois com 2 e meio onde a crise veio muito mais forte, graças a Deus hj tanto ele como eu já superamos tamanho desafio( hj meu filho vai completar 6 anos) e nunca mais passei por isso é só ficar bem atenta e tranquila( esta é a solução). abraços...

responder ao comentário
Graça
seg, 07/03/2011 - 16h49 - reportar abuso

Meu neto de 2 anos e 6 meses teve 2 convulsões praticamente no mesmo dia e a frebe não estava tão alta. Ele tinha uma amidalite. Estou tentando uma consukta com um neuropediatra . Moro em Cabo Frio e aqui não tem essa especialidade. Preciso de informações sobre neuropediatra.

responder ao comentário
Patrícia Gregória Scarabelle
qua, 19/01/2011 - 01h06 - reportar abuso

Tem convulção sem febre? Presenciei no ultimo dia 16 a filha da minha amiga ter uma crise estranha, o pai dela estava dando banho nela,quando ele virou e pegou a toalha quando ele viu a criança estava mole mas não se debateu,a mãe ficou louca e saiu para a rua com ela, ela estava com o olho aberto paralisado com uma ronqueira parecendo peito cheio,roxa, suando mole e sem estimolo algum, peguei ela e comecei a fazer massagem nas costas de cabeça para baixo e ela babando mas não respondia,isso tudo nós estavamos a caminho do hospital, chegando no hospital entreguei ela nos braços da médica e no final das contas a médica disse que ela teve uma convulção mas não foi diaguinosticada a causa os exames deram todos normais. Vai entender!!!!!!!!!!!!

responder ao comentário
Noemia Monteiro do Prado
ter, 18/01/2011 - 08h41 - reportar abuso

Adorei essa matéria, meu bebe de dois anos tem essas crises e fico totalmente desesperada, a neuropediatra me passou exatamente essas instruções e estamos fazendo mais exames para ver se e necessario o anticonvulsivo.

responder ao comentário

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

casamentogravidezsexoorgasmo femininoemagrecermaquiagempenteadosansiedadedietaamamentaçãoinício das aulaspartobolo de cenouraauxílio maternidadedecoração para quarto