Sono do bebê nos primeiros meses de vida

qua, 03/06/2009 - 05h02

Sono tranquilo para o bebê e os pais

O recém-nascido muda toda a rotina do casal, principalmente à noite. Nos primeiros meses de vida, uma coisa é certa: dificilmente os pais terão boas noites de sono. Nesse período, o relógio biológico dos bebês ainda não funciona normalmente porque seu sistema nervoso está em formação. Somente depois dos três ou quarto meses que o cérebro manda comandos para que eles fiquem acordados, assim seu organismo se regulariza e o repouso acontece nos horários certos.

“O sono da criança merece atenção especial porque dormir é uma grande ferramenta para o desenvolvimento cerebral. Entre os três e os seis meses de vida, toda vez que a criança dorme estão sendo formadas proteínas fundamentais para sua memória, sua capacidade de aprendizado e seu crescimento corporal”, explica Jorge Huberman, pediatra e neonatologista do Hospital Albert Einstein.

O pediatra afirma que é comum o bebê ter quatro ou cinco despertares em cada noite. Um dos motivos pode ser fome e ansiedade. “Com o passar dos meses, a dificuldade para dormir continua e está ligada a vários fatores: a mais frequente é porque a criança se habituou com canções ou que a embalasse até adormecer. Quando isso não é feito, ela não é capaz de adormecer sozinha”, esclarece.

A falta de rotina ou disciplina também são outros motivos. Por isso, desde o início é importante estabelecer algumas regrinhas. Bebês em fase de amamentação devem dormir em um berço ao lado da cama dos pais. Quando as mães começam o desmame, a criança fica mais independente da mãe e se sente sozinha quando vai para o berço no próprio quartinho, por isso é comum que o sono fique irregular.

“Se o bebê ainda não foi habituado a adormecer sozinho, os pais devem fazê-lo o mais rápido possível. É bastante importante que o bebê consiga adormecer sem necessitar que lhe embalem, pois se ele se habituar a isso e acordar durante a noite, muito dificilmente conseguirá adormecer sem essa ajuda", alerta o pediatra.

Na hora em que o bebê começar a chorar, Huberman recomenda ir até o quarto e brincar fora do berço, sem acender a luz. "Conforte-o com algumas palavras suaves e fique com ele por menos de um minuto". Caso ele esteja em pé, a dica não é tentar deitá-lo, "ele pode fazer isso sozinho". E se o choro persistir, por mais de dez minutos, acalme-o e fique até ele adormecer. Mas não faça isso se ele estiver doente, faminto ou amedrontado.

O pediatra explica nos seis meses ocorre o desenvolvimento motor e cognitivo do bebê, pois ele aprende a sentar e engatinhar. E por muitas vezes, ele necessita praticar isso também a noite, no momento de adormecer. “É comum, ele acordar a noite e ‘voltar aos treinos’, acrescenta. Por este motivo, ele fica em uma situação desconfortável porque não consegue sair e acaba chorando.

“Nesse momento é conveniente que a mãe ou o pai se dirija ao quarto do bebê para ver efetivamente o que se passa e, mesmo que ele não chore, observar com regularidade como ele está”, recomenda o pediatra.

Para fazer com que o bebê tenha um sono saudável é preciso evitar alguns vícios, como ninar o bebê todos os dias - melhor colocar no berço enquanto você lê uma história ou canta. Também não é indicado colocar no carrinho ou ficar andando pela casa, nem oferecer mamadeira caso ele comece a chorar.


Jorge Huberman explica o que fazer para o bebê ter um soninho tranqüilo, e você também:

Estabeleça uma rotina - Defina um procedimento padrão para quando a noite cai. Se você definir que a ordem é banho, jantar e cama, faça sempre assim. Para as mais agitadas, um banho morno sempre acalma. Contar histórias também.

Desligue a criança - No final do dia, fuja das brincadeiras mais agitadas, como jogar bola ou cantar "marcha soldado".

Acalme a casa - Na hora de fazê-la dormir, apague a luz do quarto, fale mais baixo, diminua o volume da televisão. A casa não precisa de silêncio absoluto, mas mesmo os adultos têm dificuldade para dormir com nível de ruído alto.

Nada de colo - Quando colocar seu filho para dormir, evite pegá-lo no colo ou acariciá-lo até que caia no sono profundo. Ponha-o no berço porque se ele se acostumar com tanto mimo e você não terá mais sossego.

Por Juliana Lopes

10 comentários no Vilaclub

Comente!
Emiliana
sab, 18/10/2014 - 20h03 - reportar abuso

Tenho uma bebê de três meses, que desde que completou dois meses tem um sono muito leve, porém, se não houver barulho ela dorme o dia e a noite toda se deixar. Sobre o colo, acho muito importante, assim como a mamada, pois como não é sempre que identificamos o que o bebê tem, o contato dele conosco traz um alívio por menor que seja.

responder ao comentário
Vanessa
sex, 15/06/2012 - 02h29 - reportar abuso

minha bb está com 50 dias, faço ela dormir no colo. Durante o dia, deixo tudo bem iluminado, então ela só dá umas coxiladas e a noite lá pelas 23hs apago as luzes e dou a última mamada, faço ela dormir e vai até as 6hs da manhã, não precisei fazer nada, ela fica no berço no quartinho dela, sozinha. Agora quando ela esta com colicas, ela acorda durante a noite e tenho q dar o peito pra acalmar...cada dia é uma surpresa, o importante é curtir este momento, pq passa rápido. Afinal, ninguém disse que seria fácil, e eles não pediram pra nascer, então só um pouco de paciência e amor que já já isso termina.

responder ao comentário
Vanessa
sex, 15/06/2012 - 02h58 - reportar abuso

minha bb está com 50 dias, faço ela dormir no colo, durante o dia, deixo tudo bem iluminado, e a noite lá pelas 23hs apago as luzes e dou a última mamada, pq sozinha ela dorme até as 6hs da manhã, não precisei fazer nada. Agora quando ela esta com colicas, ela acorda durante a noite pra mamar...cada dia é uma surpresa, o importante é curtir este momento, pq passa rápido, e nossos bbs não terão mas este tamanho.

responder ao comentário
Fernanda Alves
quin, 07/06/2012 - 10h42 - reportar abuso

Que bobagem isso de não dar colo na hora de dormir. Um bebê é um bebê, oras. Bebês precisam de colo, de atenção, de carinho, de conforto. Se não precisassem seriam gestados em chocadeiras e nasceriam sabendo andar. Dou todo colo que minha filha precisa, deixo ela dormir mamando e para o espanto geral de mães e profissionais que acham que não têm de dar colo porque senão \"viciarão o filho\" (\"viciar\" em carinho?! Aff), ela dorme desde os dois meses sozinha no berço e a noite toda. É simples, respeito e amor educam.

responder ao comentário
Marcos Ferreira
ter, 10/04/2012 - 11h25 - reportar abuso

Quero apenas compartilhar, como artista e vovô coruja, a canção inspirada em minha netinha de um ano de idade e nas gêmeas que estão para vir à luz. \"SILÊNCIO\", não o das solenidades em igrejas, teatros, etc., mas o que é exigido em respeito ao sono dos bebês. Dedicada a todos os que amam bebês, inclusive a própria família. Na música, todos estão envolvidos, pela ordem: a vovó, o cãozinho da família, a mamãe, o papai, o vovô, os irmãozinhos, os titios e as titias: http://soundcloud.com/servo-marcos/sil-ncio

responder ao comentário

Especiais VilaMulher

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas