Especiais > Espelho da Beleza |

Trabalho x filho doente em casa

qua, 17/11/2010 - 05h21

Trabalho x filho doente em casa

Toda mamãe, mesmo as de primeira viagem, sabem que os filhotes não escolhem dia nem hora para ficar doentes. E o que fazer quando o mal-estar ocorre em dia de expediente? Como contar ao chefe que não poderá comparecer ao trabalho? Calma, há sempre uma solução amigável.

Em primeiro, lugar deve-se analisar a relação que se tem com o superior imediato. Se ela for boa, e caso seja realmente necessário, é válido conversar e pedir licença para ficar em casa, acompanhando o restabelecimento de seu filho. Porém, se a permissão não for concedida e o filho precisar ir ao médico, a justiça garante que o responsável possa acompanhá-lo sem ser prejudicado no emprego. "Pela lei e pelas convenções coletivas, a mãe tem direito a faltar ao trabalho para acompanhar o filho ao médico e a falta será abonada mediante a apresentação do atestado de acompanhante do filho", garante Maria Silvia Pacheco, consultora do Grupo Soma. "Depois disso, é preciso contar com o bom senso da empresa", no caso do filho precisar de mais cuidados, por exemplo.

É importante lembrar que, tanto o pai quanto a mãe tem responsabilidades iguais sobre as crianças. Sendo assim, o que pode ajudar muito é fazer um revezamento, caso o filho do casal fique mais de um dia doente. Maria Silvia explica porque normalmente é a mãe que se sente mais culpada ao ter que deixar os filhos para trabalhar. "Normalmente a mulher, além da maternidade, culturalmente fica responsável pelo lar", pontua. Para resolver o problema, ela dá a dica: "É necessário uma dose extra de esforço, organização e comprometimento para equilibrar a relação e contar com a ajuda de parentes, escolas e babás e, claro, envolver o pai na responsabilidade com os filhos".

Outra dica boa, tanto para o funcionário quanto para o empregador, é a opção de trabalhar em casa naquele dia. Se o filho precisa de atenção, vale ligar para o chefe, contar a situação e pedir para que ele lhe envie os arquivos necessários para desempenhar suas funções.

Sugerir trabalhar meio período dá a vantagem de poder se revezar com o parceiro no cuidado das crianças. Combinar de repor o dia perdido também mostra consideração, sempre com sugestão de contrapartida, óbvio.


"Estender a jornada quando necessário e não folgar em pontes de feriado, quando os outros folgarão, pode ser uma ideia para compensação". O patrão fica agradecido e você mais tranquila quando precisar dar aquela atenção extra ao pimpolho.

Por Bianca de Souza (MBPress)

3 comentários no Vilaclub

Comente!
sgdzgwlslm
dom, 24/11/2013 - 13h23 - reportar abuso

VilaMulher - Trabalho x filho doente em casa sgdzgwlslm http://www.g2v035jbn7yi42qtiqv0693dkb90545os.org/ [url=http://www.g2v035jbn7yi42qtiqv0693dkb90545os.org/]usgdzgwlslm[/url] asgdzgwlslm

responder ao comentário
cida
quin, 18/11/2010 - 18h41 - reportar abuso

EU COMO MÃE ADOREI A REPORTAGEM PRINCIPALMENTE A DICA DE DIVIDIR AS RESPONSABILIDADES COM O PAI MAS COMO MÃE NEM SEMPRE ACEITAMOS ISSO QUEREMOS ESTAR COM A CRIA E FAZER TUDO O QUE TIVER AO NOSSO ALCANCE PARA QUE SE RECUPERE LOGA BEIJOS

responder ao comentário

Especiais VilaMulher

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas