Moda Alice no País das Maravilhas!

Moda Alice no Pa65533s das Maravilhas

Look Alice (do site Polyvore). Foto: reprodução.

Ela sempre povoou o imaginário dos mais sonhadores. Mas não tanto quanto agora, com o mundo mais visual do que nunca. Sucesso da literatura, "Alice no País da Maravilhas", de Lewis Carrol, volta às telonas pelas mãos de Tim Burton e já cria um burburinho na moda que deve ecoar alto assim que o filme chegar aos cinemas do mundo todo. Aqui no Brasil, a estreia está marcada para o final de abril.

"Grandes produções, quando bem feitas, fazem nascer naturalmente uma tendência ou vontade de entrar naquele universo. A história de ‘Alice’ é extremamente produtiva por apresentar imagens sedutoras, lúdicas, que servem para alimentar um pouco do visual cotidiano", afirma a consultora de estilo Amanda Medeiros. "Sem dúvida as vitrines apresentarão algo ligado ao filme, essencialmente entre as marcas jovens ou mais abertas a novidades".

Então, vale tudo que lembra a trama para usar e reinventar o ‘alicismo’. Listras, corações, pingentes, estampas de baralho e relógio, rendas, babados, laços, chapéus. Mas, tudo misturado, é fato, vira uma fantasia que nem com Carnaval combina. "O estilo ‘Alice’ é totalmente romântico, de uma mulher extremamente feminina, com gestos suaves, com uma personalidade amistosa, receptiva e até nostálgica. As peças com ‘cara de vovó’ refletem isso. As cores são suaves, foscas, claras e com aspecto artesanal, rendas, crochês e bordados", fala a consultora de imagem Daniela Amado. "Mas devemos levar em consideração a mensagem que este estilo comunica. Nem todas as mulheres têm uma personalidade sensível a esse ponto", alerta.

A referência é jovem, mas pode ser aproveitada por qualquer mulher que guarde dentro de si uma vontade de voltar no tempo, brincar com o visual. "É claro que o que determinará o bom resultado será o grau ou a intensidade em que esse modismo será manipulado. Fica a importante orientação de dar preferência aos detalhes ou acessórios, evitando um visual poluído ou estereotipado", completa Amanda.

A moda de Alice é singela, simples, fica bem nos pequenos detalhes. Para sair de casa como Helena Bonham Carter, só mesmo interpretando a Rainha de Copas. Na premiere do filme, em Londres, ela usou uma carteira com o rosto da sua personagem (lindíssima), que faz par com o vestido todo rodado, de Vivienne Westwood. Ela pode. Mas, para você não exagerar - e mesmo assim arrasar no ‘alicismo’ - confira as dicas que o Vila Fashion separou pra você, com a ajuda preciosa de Amanda.

[galeria]

Meias decoradas (coração, baralho, estampas a valer)

Para os momentos de lazer e diversão (evitando o ambiente profissional) tais meias podem ser trabalhadas dentro das limitações da silhueta, ou seja, principalmente por mulheres de pernas finas. Para evitar cortes exagerados na silhueta é indicado jogar com contrastes moderados entre as cores das peças de roupa, criando harmonia em uma linha longa no corpo.

Vestidos rodados e românticos

São sempre encontrados nas araras, em corte suavemente rodado. Dentro do ‘Alicismo’, podem ser aproveitados com um pouco mais de ousadia, jogando com leves volumes e acabamentos delicados. Mais uma vez a importância de não infantilizar ao extremo o visual, misturando complementos dramáticos ao look - sem esquecer referências modernas, para não criar a imagem de alguém perdida no tempo ou numa história encantada.

Laços grandes, tiaras, casquetes e chapéus pequenos

Ótimos complementos em uma forma simples e direta de brincar com a tendência. Entram ainda como forma de levar as peças básicas do guarda-roupa para o universo do filme, sem ficar exagerado ou caricato. Ideal para todas as idades.

Sapatilhas de boneca

Merecem cuidado em mulheres de baixa estatura, com sobrepeso ou mesmo coxas grossas. O bico redondo encurta e amplia a visual da silhueta. Caso seja um desejo, melhor investir no ‘ton sur ton’ ou monocromático entre a peça da porção superior e o calçado.

Cor azul bebê

Não apenas o azul bebê, mas todos os tons de sorvete ou doce surgem como referência. No caso do azul, vale contrastar com tons profundos, como o preto e marinho, para deixar o visual refinado.


Estampas e pingentes de cupcake, coroas e naipes

Mais uma ótima aposta, por entrar como complemento ou efeito decorativo. Nas estampas e nos acessórios, a referência entra não como figurino, mas sim como ideia ou conceito a ser carregado por agradar ou inspirar. No caso dos pingentes, tais ideias podem ir até mesmo para o ambiente de trabalho, em metais de tamanho pequeno.

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comentários

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

Últimas

Top Temas

bolsasgravidezsexomoda verãosapatosmaquiagempenteadoscustomizaçãosaiasjeanscortes de cabelobiquíniblusaspulseirabolo de cenouramoda gordinha