Érica Minchin
Com a palavra:

Érica Minchin

Mulher madura - o que usar?

Ter, 05/10/2010 - 05h00

"Tenho 56 anos, uns dias a mais é lá estão os 57, aparência de 45, porém (é o que dizem rsrsr), 1,56m, 50kg, em forma com as formas, dinâmica, mãe e avó. Normal até aí, nada de novo, mas na hora das compras ...começam os dilemas. O que usar sem parecer o tipo de mulher madura fora do esquadro ao tempo de satisfazer meu ego quanto ao visual? Dicas da TV e sites, geralmente voltadas para mulheres mais jovens, orientações existentes não fecham em nada com meu gosto.

Publicidade

Sei lá porquê pensam que as mulheres maduras tem de se vestir como as antigas vovozinhas, já passou do tempo, não pensam assim? Sugestões desse incrível mundo "Vila Mulher", pode ser? Um abraço carinhoso a todos."

Existem algumas fases na vida de uma mulher em que encontrar roupas adequadas pode ser um pouco complicado. São as épocas em que ela passa por uma transição, como na adolescência - em que ainda não é uma adulta mas já deixou de ser criança - e como no caso da nossa vilamiga - que já não é mais tão jovem, porém não é tão senhora assim ainda, principalmente agora que as mulheres aparentam cada vez mais novas e se mantém ativas por muito mais tempo, do que há 10, 20 anos.

É claro que eu não poderia simplesmente sugerir um guarda-roupa específico para a nossa leitora, pois isso exigiria um estudo sobre sua personalidade, seus gostos, necessidades, tipo físico, enfim, e isso serviria apenas para ela, e não para as outras que nos acompanham. Porém, independente de todos esses fatores, existem algumas observações gerais para quem passa por essa fase se sentir mais segura na hora de escolher as roupas.

Assim como ninguém vai dormir com 20 e acorda com 50, o estilo não se transforma radicalmente de um dia para o outro. Ele deve acompanhar esta transição, amadurecer aos poucos ao longo dos anos. Mesmo quem têm como base os estilos mais perigosos para essa idade, como o sexy e o romântico, não deve abandoná-los de uma hora para outra.

Por exemplo, uma pessoa com o estilo romântico deve procurar peças menos juvenis. Quando um vestido tiver muitos babados, ele pode deixar de ser rosinha, ou quando a peça for rosinha ela pode ser um pouco mais estruturada, em um corte mais sério, para tirar a quase infantilidade que alguns modelos transmitem. Outra opção é a de transferir elementos, como as estampas florais que podem ser encontradas em lenços elegantes ao invés de vestidinhos curtos e fluídos.

E sim, uma mulher ainda pode ser e se sentir sexy independente da idade, porém o comprimento das saias será alongado, o decote aos poucos revelará menos e o ajuste das peças pedirá alguns cuidados extras. Aquele bandage dress pode não ser a escolha mais apropriada para a idade, mas o vestido não precisa esconder todas as formas tão exaustivamente trabalhadas na academia, elas serão reveladas de formas mais sutis. Aqui também vale a idéia da transferência: um decote generoso que revele o colo, por exemplo, pode ser diluído e transferido para pontos estratégicos como os ombros e as costas.

Os estilos tradicional, elegante e natural são os mais fáceis de adaptar, pois não carregam códigos tão específicos como os citados.

Já para as criativas, que podem misturar referências de todos eles, vale a mesma dica de diminuir, quebrar e transferir elementos. Dosar a jovialidade excessiva que uma peça pode ter ao escolher uma cor mais sóbria e misturar menos elementos tão distintos ou fazer isso de uma forma mais discreta ajuda bastante.

Érica Minchin trabalha com pesquisa, criação e desenvolvimento de produtos em moda e ministra cursos e palestras sobre imagem e tendências. Ela ensina que aparência é a ferramenta de comunicação não-verbal mais poderosa e estimula explorar as melhores maneiras de fazer uso dela. Contato: contato@ericaminchin.com

6 comentários no Vilaclub

Comente!
Tina Tina
Qui, 25/11/2010 - 13h49 - reportar abuso

Tenho 67 anos e me visto bem. Uso todo tipo de roupas: jeans, saias, vestidos,bermudas, sapatos modernos e tudo mais, dentro dos meus limites claro. Todas minhas roupas e sapatos são de boa qualidade e sou considerada uma mulher elegante, independente de minha idade. Também não tenho pele manchada..rs e não escondo minha idade. Podemos, sim, ser elegantes e "terceira idade" desde que tenhamos bom senso.

responder ao comentário
Lucy Lucy
Ter, 26/10/2010 - 19h55 - reportar abuso

Cada mulher tem seu senso estético e de ridículo. Devemos vertir o que nos cai bem e nos faz feliz, cada qual tem sua preferência de cor. Temos que nos sentir confortáveis e felizes e lembrar que em matéria de moda e acessórios , o menos é sempre mais, e viva a simplicidade. Enquanto formos reféns da opinião dos outros estaremos sempre em conflito. Seja você mesma! e boa sorte!

responder ao comentário
Qui, 21/10/2010 - 11h20 - reportar abuso

tenho 48, eu bem sei o que devo vestir, agora essa ideia de que temos que nos esconder a nossa feminidade a nossa sensualidade, já era, isso já ficou pra tras, é claro que não vamos extrapolar nas sais muito curtas,aquelas que aparece as nossas poupinhas . agora se v c pode usar um decote ou um vestido curto que valorize a sua sensualidade por que não..o poir é ver jovens usando roupas indequadas para certo tipo de ambiente ou aquelas q est acima do peso e colocam barriga de fora, isso sim que ridiculo.

responder ao comentário
Sáb, 16/10/2010 - 20h50 - reportar abuso

Gente, estou passada! O que está havendo com as mulheres?
Será que a busca pela balela da juventude eterna as elouqueceu? Se até a Xuxa, com aquela voz de menininha mudou seu estilo a partir dos 40 anos, por que as comuns mortais se recusam a aceitar algo que é inexorável: a passagem do tempo!
Olhem-se no espelho e percebam, por mais malhadas, saradas e magras que estejam, o colo arredondado e já com peles sobrando; quando usarem sainhas curtas ou vestidos bandage, percebam os pneuzinhos em torno do corpo que agora aparecem rapidamente e todo dia e não somem nem com reza braba. E as pernas que perdem o contono? E os joelhos cada vez mais redondos e tornozelos engrossando?
E as mãos e braços? Por mais que se frequente academias, o abaninho com a mão no alto já não é aconselhável. As unhas vermelhas só fazem destacam manchas da idade o quanto as mãos estão envelhecendo e a pele começa a sobrar.
Para que destacar tudo isso e tentar através de roupas inadequadas frisar o quanto estamos envelhecendo ( vamos combinar, não dá mais, neste aspecto, competir com as 20 e 30).
É preciso ter consciência de que isso está acontecendo sim conosco, que não precisamos ser as velhinhas que foram nossas mães e avós, mas tb não precisamos ser rídiculas e parecer velha-meninas, que não querem crescer e se aceitar.
É preciso sim aceitar (pra não sofrer) que o apelo sexual e a beleza já não são o nosso ponto forte, por mais que o nosso corpinho minta pra nós (Dá pra comparar uma mulher enxuta de 50 com uma jovem de 20?)
Temos que ter muito cuidado com essas armadilhas da vaidade!
Quanto aos homens, os que querem mulheres jovens, sequer vão olhar para mulheres mais velhas, bem ou mal cuidadas e graças a Deus conheço vários homens maduros, ainda atraentes e que gostam de sair com mulheres elegantes, bem vestidas e que acima de tudo tenham uma boa cabeça e sejam bem humoradas.
Mulheres mais velhas ( é isso mesmos, mais velhas) sigam sem medo as orientações da estilista.
Não é proibido uma boa camiseta Tshirt, uma bota clássica, um jeans e um vestido mais ousado, o ruim é querer competir com as netas.
Ah! por favor, usem roupas, sapatos e cosméticos de boa qualidade. Na nossa idade essas coisas pesam sim!

responder ao comentário
JaneMRD JaneMRD
Sex, 15/10/2010 - 13h36 - reportar abuso

Erika querida,
eu completei 58 anos dia 13/10 e nao concordo que a mulher por estar nessa faixa etaria deveria restrigir como voce disse. Eu sou muito despojada no meu modo de vestir, tenho essa idade mas tenho aparecia de 45 anos...sou viuva, sou mae e avo. Mas nao faco feio no meu modo de ser e vestir, porem nao me visto tal tua proposta, e tenho muitos fas que adoram como sou dizem que sou linda e sex, por isso, o que vale ao e o que as pessoas nos ditam para vestir e sim o que eu gosto de ser e vestir...fica minha dica para as mulheres de minha idade...vista o que goste aquela peca que te faca sentir bem, porque moda quem faz e a gente o nosso dia-a- dia, a nosso estilo de vida...espero que enenda meu ponto de vista. obrigada

responder ao comentário
Arlana Arlana
Qui, 14/10/2010 - 22h01 - reportar abuso

Érica, querida, tenho quase 50 anos e juro que me sentiria um velha gagá seguindo estas dicas.
E olha que nem na juventude me vesti de forma extravagante. É lógico que não dá pra sair de saia curtíssima, mas restringir estampas, um decotezinho? Só quem ainda é jovem pra achar que isso é fácil. E depois, por que as pessoas teriam que se vestir diferente por causa da faixa etária?

responder ao comentário

Especiais Vila Mulher

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

50 tons de cinza beyoncé 50 tons de cinza cortes de cabelo moda das famosas
X
O xadrez é a estampa do inverno!
O xadrez é a estampa do inverno! Veja aqui por vilamulher