Roupas da Zara direto da Europa pelo Instagram

Sex, 14/12/2012 - 05h00

Compre roupas da Zara direto da Europa

Moda inverno da Zara que já está bombando na Europa. Foto divulgação


Toda mulher gosta de se sentir bonita e na moda.

Publicidade

E quem gosta de estar sempre por dentro das novidades sabe que muitas delas estão em lojas fast fashion internacionais, como Zara, H&M e Forever 21.

Apesar de algumas já estarem por aqui, muitas peças de coleções internacionais não chegam ao Brasil. E passar vontade é o que não dá, não é mesmo, vilamigas? Por isso, se essas são algumas das dificuldades que você já encontrou, não precisa se desanimar!

Você sabia que é possível adquirir essas roupas por um preço bem acessível e pela internet? Isso mesmo! Algumas meninas que moram fora do país ganham dinheiro comprando e revendendo peças de marcas sob encomenda. É o caso da empresária, Luciana Mançano, conhecida como Lulitafstore no Facebook, 27 anos, que envia peças da Irlanda para o Brasil.

Apesar da diferença de estações pode ser uma boa pedida, principalmente na época das promoções. No final do inverno europeu, por exemplo, você pode pedir peças mais baratas e já estar na moda para o inverno daqui.

Luciana começou a vender produtos de marcas para as brasileiras no início deste ano. No início divulgava a loja através do Facebook para amigos e amigos de amigos. Mas, atualmente, a maioria dos clientes que consegue é por meio do Instagram ou por indicação.

"Tenho uma página no Facebook e um perfil no Instagram que utilizo para disponibilizar fotos dos produtos, trocar ideias e me aproximar dos clientes", descreve ela, alegando que todos os pedidos são realizados via e-mail.

Luciana explica que muitas pessoas solicitam produtos que não foram publicados. "Nos e-mails recebo pedidos de ajuda sobre o que usar em certa ocasião, lista de compras, entre outros", afirma. "Fico entre uma personal shopper e uma personal stylist, praticamente", acrescenta.

Para obter o produto é preciso pagar uma taxa sobre o valor do mesmo mais o frete. "O pagamento é feito através de transferência, depósito, cartão de crédito à vista ou parcelado", comenta. Não é necessário atingir um limite de compra, mas segundo a empresária, como o frete é cobrado de acordo com o peso e tem um valor mínimo, sempre vale a pena comprar umas coisinhas a mais.

De acordo com Luciana, é um mercado que, de fato, se ganha dinheiro quando você oferece os produtos certos para o público certo e trabalha bastante. "Não tenho parceria com as marcas, mas fiz com algumas blogueiras", informa.

Compre roupas da Zara direto da Europa

Outra que trabalha nesse segmento é a advogada Andreza Araújo, 35 anos. Ela envia roupas de Portugal para consumidoras aqui no Brasil. "Comecei a vender há pouco mais de um ano. Era interpelada pelas minhas amigas que desejavam roupas e acessórios das fast fashions europeias e desde julho envio para o público em geral", relata ela.

Andreza afirma que conseguiu clientela por meio da publicação de fotos no Instagram:
@fixeandchic. "Ao prestar um serviço de qualidade ganho em cada cliente um potencial divulgador desse serviço e assim vou angariando clientes sem grande esforço de publicidade", conta.
A cliente fica livre para escolher o item de desejo. "Eu vou à procura do item, compro e envio. A cliente pagará sempre o preço da etiqueta, inclusive nas promoções, acrescido de uma taxa baseada no número de itens", informa.

A única taxa de entrega cobrada é o valor estipulado pelos correios. "O pagamento das mercadorias é feito por depósito ou transferência em reais num banco no Brasil ou por transferência internacional na minha conta em Portugal", esclarece.


Assim como Luciana, ela não estipula um limite mínimo de compras. "Porém, quanto maior for a encomenda mais a minha taxa de serviço se dissolverá no valor final de cada item", salienta. 1 item, por exemplo, ela cobra 30 euros. Se for entre 3 e 6 são 60 euros e de 7 a a10 custam 85 euros.

Andreza revela que não tem parcerias, mas está sempre disponível para estudá-las. "Esse segmento é muito concorrido, exige muito trabalho de pesquisa e dedicação. É necessário ter um grande gosto por tudo isso, pois as brasileiras estão cada vez mais exigentes e querem sempre o último grito da moda", relatou.

Por Stefane Braga (MBPress)

Nenhum comentário no Vilaclub

Comente!

Especiais Vila Mulher

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

50 tons de cinza beyoncé 50 tons de cinza cortes de cabelo moda das famosas
X
Chapéus completam o look de inverno
Chapéus completam o look de inverno Veja aqui por vilamulher