Comida de Boteco, os preferidos de São Paulo, Rio e Minas

seg, 11/02/2008 - 14h40

comida de boteco

foto divulgação

Na cidade maravilhosa, reduto de vários botecos, o bar Jobi está entre os mais tradicionais. São mais de 50 anos no coração do Baixo Leblon atendendo clientes que gostam de saborear um petisco depois da praia, como as empadinhas diversas de camarão, frango ou palmito.

A carne-seca acebolada com farofa também está entre os preferidos “uso o lagarto e puxo a carne no azeite. Óleo nunca”, revela Manuel Rocha, um dos proprietários da casa. Para um encontro no fim de tarde, uma boa pedida é a picanha fatiada, feita com três tipos de molhos: ou na manteiga, ou na mostarda ou com alho.

Em São Paulo, o chef João Bellini é responsável pelos petiscos elaborados no conceito da baixa gastronomia e pratos mais requintados de bares já consagrados da capital. “Entre os prediletos do Astor está o picadinho de filé mignon servido com farofa e caldinho de feijão - com uma saída de cerca de 100 porções em um sábado - e ainda as almôndegas picantes ao molho rôti cozidas em chope”, explica.

Já no Original fazem sucesso os vários tipos de escondidinhos. Entre eles, o de lingüiça puxada no vinho tinto com mandioquinha, camarão com abóbora puxada no vinho branco e bacalhau com batata doce e alho-poró. “Na hora de escolher os ingredientes pensei mais no paladar feminino, um público muito fiel”, comenta o chef.

Na capital mineira, as costelinhas de porco com mandioca são o xodó dos freqüentadores do bar Estabelecimento. Olívio Cardoso Filho, proprietário e criador dos mais de vinte tira-gostos do local, não revela a receita, mas comenta alguns detalhes fundamentais do carro-chefe da casa. “Uso 800 gramas de carne bem magra e macia, que costumamos chamá-la aqui de “miss”. Retiro toda a gordura e tempero com alho, sal, molho inglês e limão”, revela.

Alcatrinhas à movediça também é outro preferido dos freqüentadores. A carne é cortada em tirinhas, refogada na manteiga e recebe cebola, pimentão e lingüiça calabresa. Tudo é quase “enterrado” no angu de batata-baroa.

Por Juliana Lopes

1 comentários no Vilaclub

Comente!
Valdice Alves Ferreira de Jesus
dom, 22/11/2009 - 22h06 - reportar abuso

Gostaria de saber que prato é este da foto muito bonito e o sabor deve ser de invejar tenho bar no interior da Bahia voce tem alguma sujgestão de tiragosto para mudar meu cardápio? podemos trocar receita espero resposta pelo hemil or um abraço. Valdice

responder ao comentário

Especiais VilaMulher

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas