Sílvia Magalhães: a barista n°1 do Brasil

seg, 11/02/2008 - 12h04

silvia barista

foto divulgação

Assim como na Europa e Argentina, os brasileiros das grandes cidades começam a freqüentar cafeterias para experimentar os chamados cafés especiais, feitos com processos, grãos e blends - mistura de vários tipos de grãos - de alta qualidade.

Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Café (ABIC), só no ano passado, o consumo de café fora do lar saltou para 5,5 milhões de sacas. O boom de novas cafeterias no Brasil e o lançamento de cafés especiais no varejo colaboram para a criação de uma nova safra de profissionais, os chamados baristas.

A profissão que existe há mais de 70 anos na Europa, recentemente começa a crescer no Brasil. Considerados os “sommeliers” do café, os baristas não preparam apenas bons expressos e capuccinos, como também criam drinques gelados da bebida.

Um bom profissional ainda pode dar treinamentos, cursos, palestras ou até participar de campeonatos. Quem faz isso e ainda trabalha na empresa Octávio Café, produtora de cafés especiais, é Silvia Magalhães, barista número um do país.

Nascida em Araçatuba, interior de São Paulo, Silvia começou a trabalhar com a bebida em Londres. Muito requisitada para aulas e workshops, a barista que está sempre viajando e não pára um só minuto, reservou um tempo para indicar algumas receitas e dicas para tornar nosso cafezinho ainda melhor. Aproveite!

Vila Sabor: Quais ingredientes mais combinam com café?

Silvia Magalhães: Café e chocolate formam o par perfeito. Também combina com frutas, como laranja, mas não exóticas. Também gosto com sorvete de pistache.

Vila Sabor: Qual é a diferença entre café especial e gourmet?

Silvia Magalhães: O café especial tem poucos defeitos e supera a qualidade do gourmet. Ele deve ser feito com 100% de café arábica, ter até 12 defeitos em 300g, origem controlada, entre outros requisitos. Por isso podemos dizer que todo café especial é gourmet, mas nem todo gourmet é um café especial.

Vila Sabor: O café especial é feito somente com grãos 100% arábica?

Silvia Magalhães: Sim. O tipo arábica é produzido em praticamente todas as fazendas do Brasil. Somente na Bahia e Espírito Santo que temos Arábica e Robusta. Em Rondônia apenas Robusta. Essas são as duas espécies mais cultivadas no mundo. O Arábica produz cafés de melhor qualidade, aroma intenso e os mais variados sabores, tendo inúmeras variações de corpo e acidez. Geralmente, as produções brasileiras são divididas em 40% de especiais e 60% de baixa qualidade.

Vila Sabor: E para quem quiser fazer um bom cafezinho em casa. O que você recomenda?

Silvia Magalhães: Em primeiro lugar, escolher um produto com grãos 100% arábica, que geralmente são mais caros. É bom comprar em pequenas quantidades e consumir rápido. Optar pelo café em grão e moer na hora, a moagem mais grossa deixa o café mais amargo. Se não tiver moedor, tentar com o processador mesmo. Sempre usar água mineral e desligar assim que ferver.

Vila Sabor: Qual é o melhor método de preparo?

Silvia Magalhães: Aquele que as pessoas estão mais acostumadas. Também é importante consumir logo que ficar pronto. Um bom café deve ter acidez parecida com a de um suco de laranja.

Por Juliana Lopes

NENHUM COMENTÁRIO NO VILACLUB

Comente!

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

gravidezsexoorgasmo femininoemagrecermaquiagempenteadostriglicéridessaladasansiedadedietaamamentaçãobolo de cenourabolo de chocolatebolo de liquidificadordieta dukansobremesa fácilcobertura de chocolate