Lady Driver: aplicativo de taxi formado só por mulheres

O aplicativo prioriza a segurança de mulheres nos transporte privado
Lady Driver

Foto: Reprodução

Que mulher nunca ficou receosa ao chamar um Taxi ou Uber em que o motorista fosse homem? Em um país onde os casos de assédio e até estupro de mulheres vem se tornando frequentes no transporte privado todo cuidado é pouco. Olhadas indiscretas, "elogios" desnecessários e até convites indecentes acontecem todos os dias nos carros das grandes e pequenas cidades  – mas um novo aplicativo promete solucionar essa questão.


O Lady Driver foi idealizado por Gabriela Corrêa após ser assediada durante uma corrida. Logo depois do incidente, ela passou a viajar sempre com uma motorista mulher de confiança. Mas, de vez em quando, a motorista estava ocupada e não podia atender à corrida. Foi aí que surgiu a ideia de reunir diversas mulheres taxistas em um único aplicativo.

Lady Driver

Foto: Reprodução

Lady Driver

Foto: Reprodução

Além de oferecer mais segurança às passageiras, o aplicativo também pretende ser uma maneira de oferecer independência financeira para mulheres que tenham interesse em se tornar motoristas, sistema similar ao do aplicativo Uber. “A ideia de complementar a renda é interessante, seja para universitárias que precisam de renda para cursar a universidade, desempregadas ou até mesmo chefes de família que precisam de um dinheiro extra no final do mês.“, define uma publicação feita na página do Facebook da empresa.

Lady Driver

Foto: Reprodução

Lady Driver

Foto: Reprodução

Em fase de pré-lançamento, o aplicativo está selecionando motoristas e deverá ser lançado em breve, na cidade de São Paulo – enquanto isso, é possível se inscrever para ser motorista no site do serviço. Ainda em fevereiro, o app deverá contar com versões para iOS e Android. Nós ADORAMOS! O que você acha desta grande ideia?

Comente

Copyright © 2019 e-Mídia Precisa de ajuda?