moda feminina

Reinaldo Lourenço

Ele leva de cinco a seis meses para criar uma coleção, trabalhando diariamente numa ampla casa localizada em um bairro nobre de São Paulo. No segundo andar da casa, tem uma sala própria, toda branca, decorada com simplicidade e bom gosto. Reinaldo Lourenço tem uma foto sua em preto e branco, algumas araras, estantes para revistas e livros de arte, dezenas de pilots e lapiseiras. Tudo para criar um universo inspirador. O estilista, que nem é clássico e nem é moderno, cria um barroco contemporâneo e hoje é um nome consagrado dentro do universo fashion brasileiro, com duas coleções por ano. Antes de ser sinonimo de estilo, Reinaldo era assistente de Glória Coelho, hoje sua esposa, e também de Costanza Pascolato, no início dos anos 1980. Em 84, achou que era chegada a hora de investir no próprio talento e dedicar-se a criação e confecção de roupas. “Nunca tive dúvidas quanto à minha profissão. Sempre acreditei que iria trabalhar com moda, ser estilista”, diz Lourenço. Depois de trabalhar como estilista masculino, viu que o universo feminino também podia ser explorado. Seu primeiro vestido, drapeado e com estampa de flores, foi fotografado para uma revista de moda – e a partir dai começaram os convites para produzisse e vendesse criações exclusivas para butiques renomadas. Reinaldo então buscou aperfeiçoar sua técnica com Marie Rucki, diretora da escola francesa de estilismo de maior prestígio no mundo, o Studio Berçot. A moda de Reinaldo é bem autoral, mas passeia pelas tendências internacionais, pela moda de rua, pelos fatos históricos, além das viagens que faz, as artes plásticas que admira e os moviementos culturais e sociais que observa. “O estilista é um voyeur, tem que estar atento a tudo, aos mínimos detalhes. Ele está sempre buscando com o olhar, prestando atenção nas coisas”, assume. A moda de Reinaldo Lourenço pode ser conferida no calendário de moda paulistado. No SPFW, ele apresenta a coleção de verão dia 19 de junho, na sexta-feira, terceiro dia do evento. Ele é o primeiro a subir na passarela, às 12h15. Leia mais
Copyright © 2021 e-Mídia Precisa de ajuda?